Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Jornal NH, 99 - Bairro Ideal - Novo Hamburgo/RS - CEP: 93334-350
Fones: (51) 3065.4000 (51) 3594.0444 - Fax: (51) 3594.0448

PUBLICIDADE
Vaidade

Homens estão recorrendo mais às cirurgias plásticas

Saiba quais cuidados você precisa tomar para ter o procedimento mais seguro possível
Divulgação
Homens estão recorrendo mais às cirurgias plásticas
Em 2016, foram realizados 712.902 procedimentos estéticos em homens, de acordo com a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP). Sim, eles querem acabar com aquela gordurinha abdominal, tirar as ruguinhas e fazer desaparecer a calvície que a idade trouxe.
O levantamento realizado pela SBCP aponta que a procura por cada tipo de cirurgia varia de acordo com a idade, mas já é comum ver crianças e adolescentes passando pelos consultórios, acompanhados por seus pais. Nesses casos, os procedimentos mais comuns são a ginecomastia, correção do crescimento das mamas, e a otoplastia, correção das orelhas.
Já na idade adulta, a tendência é que o homem comece a buscar procedimentos estéticos menos invasivos, como os procedimentos com toxina botulínica, o botox, e tratamentos a laser.
Mas existe uma boa parcela deles que procura as intervenções cirúrgicas, como lipoescultura e rinoplastia. Entre homens com mais de 40 anos, o implante capilar, que faz um enxerto de fios no couro cabeludo, a cirurgia nas pálpebras – blefaroplastia – e o lifting facial estão entre os procedimentos mais requisitados.
Cuidados para tornar procedimento mais seguro
- Cheque se o médico é realmente preparado. Pesquise suas credenciais e busque o nome da clínica na internet;
- Faça todos os exames pedidos antes da cirurgia. Assim, você evita qualquer contratempo e seu médico pode agir com mais segurança;
- Tire todas as suas dúvidas com o médico antes da cirurgia. Quanto mais preparado você estiver, mais preparado você estará para o pós-operatório;
- Cuide da sua alimentação; evite comer alimentos muito gordurosos e ingerir álcool pelo menos um mês antes do procedimento;
- Evite todo e qualquer medicamento à base de ácido acetilsalicílico, como AAS e aspirina, ou qualquer medicação que contenha ervas, como arnica e ginkgo biloba, com efeito anticoagulante por, pelo menos, 15 dias antes da cirurgia. O uso de anti-inflamatórios também não é indicado antes da cirurgia.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS