Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Jornal NH, 99 - Bairro Ideal - Novo Hamburgo/RS - CEP: 93334-350
Fones: (51) 3065.4000 (51) 3594.0444 - Fax: (51) 3594.0448

PUBLICIDADE
Motores

Uno Sporting: desempenho vitaminado com o motor de 109 cv

Versão esportiva acelera de 0 a 100 km/h em 9,8 s e custa R$ 49,34 mil
Adair Santos/GES-Especial
Rodas e adesivos exclusivos
O Uno Sporting recebe, enfim, um motor que condiz com a sua proposta. O Firefly 1.3 de quatro cilindros garante um bom desempenho à versão, que recebeu as mesmas mudanças das demais configurações na linha 2017 e um pacote visual personalizado.
No novo propulsor, são 101 cv com gasolina e 109 cv com álcool. Não se pode compará-lo a um T-Jet 1.4 turbo de 152 cv, mas ainda assim é bem melhor que o 1.4 de 85 cv/88 cv que equipava o Uno Sporting anterior. As acelerações e retomadas ocorrem sem ‘‘sofreguidão’’ e ficaram mais ágeis.
A direção elétrica não é apenas leve, como também vem com a função City, que a deixa ainda mais macia para manobras. Quem está acostumado a carros com direção mecânica ou hidráulica pode até ter a sensação de que o volante está desconectado do sistema. Em velocidades mais elevadas, entretanto, fica mais pesada, aumentando a sensação de segurança.
Um ponto que deveria ser revisto, entretanto, é a suspensão – que segundo a Fiat tem ‘‘acerto esportivo’’ –, mas na prática é macia demais em relação ao que a versão Sporting se propõe. Tudo bem que a esportividade do modelo está mais no visual do que propriamente nos atributos mecânicos, porém uma regulagem mais firme o deixaria muito mais divertido...
A linha 2017 trouxe a reboque um reposicionamento de preços. E infelizmente para cima, pois é o Mobi que ocupa o lugar que tradicionalmente foi seu. Assim, para ter um Uno é preciso desembolsar R$ 41,84 mil e, na Sporting, como a testada, R$ 49,34 mil.
Visual
Adair Santos/GES-Especial
Atrás, saída do escapamento é dupla e central
Spoiler na tampa traseira em preto brilhante, rodas em liga-leve aro 15’’, ponteira de escapamento dupla central cromada, grade dianteira em preto brilhante, para-choque dianteiro com detalhes em vermelho, maçanetas e retrovisores em preto brilhante e faixas laterais com escrita Sporting são itens exclusivos.
Desempenho
Adair Santos/GES-Especial
Bom rendimento, boa economia
O novo 1.3 gera 101 cv e 13,7 kgfm com gasolina e 109 cv e 14,2 kgfm com etanol. A aceleração de 0 a 100 km/h ocorre em 9,8 s com etanol e 10,6 s com gasolina, enquanto as máximas são de 177 km/h com qualquer um dos combustíveis. Segundo a montadora, na cidade o modelo faz 12,89 km/l com gasolina e 9,17 km/l com etanol. Na estrada, os números são de 14,05 km/l e 10,14 km/l, respectivamente. Baixo peso do carro (1.055 kg) contribui para o ótimo desempenho e o câmbio de cinco marchas conta com ótimo escalonamento. Esse motor está disponível também na Way, por R$ 47,64 mil. Então, quem não se apega ao visual e dá mais valor para a potência pode economizar R$ 1,7 mil.
Equipamentos
Na cabine, a evolução do acabamento salta aos olhos: materiais imitando fibra de carbono e insertos de black piano somam-se aos novos grafismos do painel de instrumentos. Faixa horizontal e detalhes do interior – maçanetas, quadro de instrumentos e aplique do volante – na cor vermelho royal são diferenciais internos.
Adair Santos/GES-Especial
Direção elétrica conta com função City
Em termos de equipamentos, desde a versão Attractive 1.0 o Uno 2017 vem de fábrica com ar-condicionado, direção elétrica com função City, brake light e sinalização de frenagem de emergência, faróis de neblina, função Lane Change para auxiliar o comando de seta, computador de bordo, vidros elétricos dianteiros com one touch e antiesmagamento, trava elétrica nas portas com acionamento automático a 20 km/h, quadro de instrumentos iluminado com conta-giros, welcome moving e display LCD de alta resolução equipado com computador de bordo A e B e volante multifuncional. A partir da Way 1.3 o carro recebe sistema Start&Stop, chave canivete com telecomando de abertura e fechamento de portas e vidros elétricos, rádio RDS com entrada auxiliar e entrada USB para MP3/WMA.
Economia com o Start&Stop
Adair Santos/GES-Especial
Sistema Start
O sistema Start&Stop pode representar mais de 20% de economia e a redução dos gases poluentes, passando a equipar agora de série todas as versões com motor 1.3, inclusive aquelas com câmbio Dualogic. O quadro de instrumentos traz itens para ajudar o motorista na condução e utilização do sistema. Além disso, sensores auxiliam no bom funcionamento e na segurança, como o existente no câmbio para reconhecimento da posição N e o de cinto de segurança do motorista para garantir que a repartida só será feita quando estiver afivelado. Porém, é possível desligá-lo por meio de um botão no painel. Essas versões também receberam o novo Smart Charging System, ou alternador inteligente, que otimiza a carga da bateria pelo alternador, evitando que o motor gere energia ao equipamento desnecessariamente.
Apoia-braços
Adair Santos/GES-Especial
Conforto durante as viagens
O apoia-braços central facilita a vida do motorista em viagens. Na cidade, porém, atrapalha bastante os movimentos para trocas de marchas, mas aí é só rebatê-lo. Bonito e gostoso de dirigir, o Uno mantém a mesma plataforma e, por isso, segue oferecendo um espaço apenas razoável para os passageiros do banco de trás.

Motores

por Adair Santos
abcmotores@gruposinos.com.br

Gasolina na veia - O tricampeão de Fórmula 1 Nelson Piquet sempre alardeava que nas suas veias não corria hemoglobina, e sim gasolina. Uma anomalia genética que atinge milhões de pessoas no mundo e, pelo jeito, não tem cura. Jornalista há 15 anos, Adair Santos é um desses anormais que literalmente respiram tudo que diz respeito a veículos. Editor do caderno Motores, que circula semanalmente às quartas-feiras no Jornal NH, Jornal VS e Diário de Canoas, é apaixonado por carros, motos e aviões - ou seja, tudo o que tem motor, exceto a maquininha de obturação do dentista. Motores invade a rede - Os carros recém-lançados, aqueles protótipos bizarros que talvez nunca cheguem às ruas, dicas úteis sobre veículos e testes exclusivos. Além da versão impressa, que circula semanalmente às quartas-feiras no Jornal NH, Jornal VS e Diário de Canoas, agora as notícias sobre veículos contam com este importantíssimo espaço virtual para serem divulgadas. Não deixe de participar mandando sugestões e, quem sabe, até um flagrante fotográfico de um veículo que ainda está em fase de testes e futuramente vai ser fabricado no Brasil. Eu e minha máquina - Se você tem orgulho da sua máquina, seja ela um carro antigo ou novo, motocicleta, um triciclo ou até bicicleta, envie sua foto. Junto, informe seu nome completo e idade, cidade onde reside, telefone para contato, marca, modelo, ano de fabricação do veículo e desde quando tem ele na garagem. Mas atenção: não vale mandar só a foto do carro ou moto, você também tem que aparecer na imagem. Então, mãos à obra: passe uma cera na lataria, um gel no cabelo e faça o registro fotográfico.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS