Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Jornal NH, 99 - Bairro Ideal - Novo Hamburgo/RS - CEP: 93334-350
Fones: (51) 3065.4000 (51) 3594.0444 - Fax: (51) 3594.0448

PUBLICIDADE
Mostra

Artista do Vale do Sinos expõe no Margs

Suzane Wonghon leva o Projeto Mamíferos ao Museu de Arte do Rio Grande do Sul
Vaquinhas com caixinhas de papel que iam para o lixo
Porto Alegre - Artista do Vale do Sinos, Suzane Wonghon, de 65 anos, participa da exposição coletiva Edital de Incentivo à Produção da Associação Rio Grandense de Artes Plásticas Francisco Lisboa, no Museu de Arte do Rio Grande do Sul Ado Malagoli (MARGS) em Porto Alegre. A exposição fica até o dia 29 de janeiro, com visitação de terças a domingos, das 10 às 19 horas.
Suzane, que mora em São Leopoldo, expõe o Projeto Mamíferos, que são vaquinhas em miniaturas, feitas a partir de caixas de fósforo coladas umas às outras, criando forma aos objetos e são cobertas por papel, cola, areia e tinta acrílica. “Trabalho com a questão do aproveitamento, do material que iria ser descartado como lixo. Com as caixas de fósforo, colo uma em cima da outra como se fossem módulos”, explica a artista. Ela também comenta que atualmente, muita matéria prima para a criação de objetos artísticos vem do lixo. “Acredito que a gente descarta muita coisa, que de repente poderia se dar outro aproveitamento, criar outras coisas. O lixo acaba sendo a matéria prima. Já fiz várias exposições utilizando este tipo de material. Gosto de inventar com arte, além de desenhar e pintar.”
Graduada em artes visuais e pintura pela UFRGS, Suzane também trabalhou durante 40 anos como professora de artes em sala de aula. “Aquilo que tu faz, tu acaba discutindo com os alunos. E por outro lado algumas ideias que tu tem, também podem ser aplicadas com eles. E é um barato dar aula, sempre gostei muito e curti muito esse período em sala com os alunos.” lembra.
A ARTE NÃO TEM IDADE
Para a artista, ter sido selecionada para expor neste edital foi uma grande surpresa. “Algumas vezes estes editais acabam abrindo mais espaços para os artistas mais jovens. Mas ser selecionada foi uma surpresa boa, fiquei muito feliz. E arte é isso, tu te renovar, manter a cabeça em ebulição e não ficar parado”. Além disso, ela enfatiza o quanto uma associação artística pode ajudar a classe. “A arte é uma necessidade, pelo menos para mim. De alguma forma ela tem que provocar uma reação em que a vê. No entanto as vezes tu não consegue fazer tudo sozinha. Artista não tem sindicato, mas sim associações. E são elas que defendem nossos direitos, então dentro dela tu convive com outras pessoas, discute e pensa. É uma troca de experiências e um apoio muito bom.”

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS