Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Jornal NH, 99 - Bairro Ideal - Novo Hamburgo/RS - CEP: 93334-350
Fones: (51) 3065.4000 (51) 3594.0444 - Fax: (51) 3594.0448

PUBLICIDADE
Doações

Após as chuvas, solidariedade abraça o Vale do Paranhana; veja como ajudar

Em Rolante, as doações estão concentradas no Salão Cristo Rei e no Ginásio Municipal
Edna Cardoso/Divulgação
Rolante concentra doações no Ginásio Municipal
As cidades de Rolante e Riozinho seguem recebendo doações para apaziguar a situação ocasionada pelas chuvas da semana passada. Em Rolante, as doações estão concentradas no Salão Cristo Rei e no Ginásio Municipal. Em Riozinho, a centralização está ocorrendo junto à Secretaria de Assistência Social. A enchente que atingiu municípios do Vale do Paranhana, além de mobilizar várias entidades, associações, e órgãos públicos, também está mobilizando cidades do Vale do Rio dos Sinos, como Estância Velha e Sapiranga.
Campanhas de arrecadação
Em Estância Velha, a Secretaria do Desenvolvimento Social (Sedes) está organizando a campanha de arrecadação para as famílias de Rolante. Interessados em ajudar devem procurar a Sedes, localizada na Rua Raimundo Correa, nº 151, no bairro Floresta. Os itens para doação são alimentos não perecíveis, água potável, material de limpeza e higiene pessoal e colchões. O horário de atendimento é de segunda à quinta, das 12 às 18 horas, e sextas das 7 às 13 horas.
Em Sapiranga, a Defesa Civil do município está arrecadando doações de móveis, colchões, alimentos, produtos de limpeza e eletrodomésticos. As doações podem ser entregues na própria Defesa Civil, no pátio da prefeitura de Sapiranga (entrada pela Rua Padre Réus). Contatos com a Defesa Civil podem ser feitos pelo telefone 99-599-9161.
De olho no tempo

De acordo com o comandante do Corpo de Bombeiros Voluntários de Rolante e coordenador da Defesa Civil, Leandro Gottschalk, explica que os 226 kits de ajuda humanitária, disponibilizado pelo Ministério da Integração Nacional, ainda não chegaram em Rolante. “O prefeito Dirão embarca nesta terça-feira (10) para Brasília para agilizar a ajuda do governo federal. Estamos trabalhando para sanar os problemas e ajudar as famílias atingidas. Nossa preocupação é monitorar o deslizamento que ocorreu em São Francisco de Paula. Será necessário um sobrevoo para mapear o deslizamento. Temos que monitorar se houve movimento de massa”, enfatiza Gottschalk.
Riozinho também precisa de ajuda
A Secretaria Municipal de Assistência Social de Riozinho continua atendendo as famílias atingidas pela enxurrada da última semana. Uma equipe está fazendo o levantamento nas localidades do Chuvisqueiro e Mascarada para verificar a real situação. “Cerca de 50 famílias estão flageladas no município. Precisamos de doações de móveis para atender essas pessoas, especialmente pias, armários, geladeiras, camas, além de roupas de cama. Quem puder doar, por favor, faça contato pelo telefone 3548 1090”, diz a secretária de Assistência Social, Raquel Másera da Rosa.
O prefeito Valério Esquinatti e seu vice, Diogo Pretto, têm trabalhado junto à lideranças estaduais e federais para a liberação de recursos. “Teremos que reconstruir boa parte da infraestrutura que perdemos, como pontilhões pelo interior, pontes de concreto abaladas em sua estrutura, pontes pênsil e estradas. Estamos confiantes que a homologação do decreto de emergência saia o quanto antes para podermos ter a liberação de recursos junto ao Ministério da Integração Nacional”, diz Valério.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS