Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Jornal NH, 99 - Bairro Ideal - Novo Hamburgo/RS - CEP: 93334-350
Fones: (51) 3065.4000 (51) 3594.0444 - Fax: (51) 3594.0448

PUBLICIDADE
Educação

Matrículas em escola de Campo Bom foram negadas por falta de espaço físico

Estudantes de Campo Bom concluíram o ensino fundamental e não tiveram matrícula efetivada em colégio
A falta de espaço físico na Escola Estadual La Salle, de Campo Bom, é o motivo alegado pela direção da instituição para negar matrícula a um grupo de estudantes. Eles concluíram o ensino fundamental na Escola Municipal Santos Dumont e não tiveram a matrícula efetivada mesmo tendo sido feita a inscrição prévia em novembro – período indicado pela Secretaria de Educação (Seduc).
A diretora Eluze Oliveira Schaidhauer explica que a La Salle não abriu vagas no 1º ano do ensino médio porque faltam salas de aula. “Não temos espaço físico porque contamos com muitos alunos de inclusão, situação que exige turmas menores. Foi por esta razão que não abrimos vagas”, argumenta. Ela nega que tenha orientado os pais a procurarem especificamente a Escola Estadual Fernando Ferrari como alternativa. “O que ocorre é que no momento da inscrição os pais dos alunos devem indicar três opções de escola. Como não podíamos aceitar, indicamos a segunda opção escolhida pela própria família do estudante.”
Ainda de acordo com Eluze, a La Salle levou toda a documentação dos alunos à 2ª Coordenadoria Regional de Educação (2ª CRE), para que eles sejam realocados em outras instituições de ensino da rede estadual.
Campo Bom - A falta de espaço físico na Escola Estadual La Salle, de Campo Bom, é o motivo alegado pela direção da instituição para negar matrícula a um grupo de estudantes. Eles concluíram o ensino fundamental na Escola Municipal Santos Dumont e não tiveram a matrícula efetivada mesmo tendo sido feita a inscrição prévia em novembro – período indicado pela Secretaria de Educação (Seduc). A diretora Eluze Oliveria Schaidhauer explica que a La Salle não abriu vagas no 1o ano do ensino médio porque faltam salas de aula. “Não temos espaço físico porque contamos com muitos alunos de inclusão, situação que exige turmas menores. Foi por esta razão que não abrimos vagas”, argumenta. Ela nega que tenha orientado os pais a procurarem especificamente a Escola Estadual Fernando Ferrari como alternativa. “O que ocorre é que no momento da inscrição os pais dos alunos devem indicar três opções de escola. Como não podíamos aceitar, indicamos a segunda opção escolhida pela própria família do estudante.” Ainda de acordo com Eluze, a La Salle levou toda a documentação dos alunos à 2a Coordenadoria Regional de Educação (2a CRE), para que eles sejam realocados em outras instituições de ensino da rede estadual.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS