Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Jornal NH, 99 - Bairro Ideal - Novo Hamburgo/RS - CEP: 93334-350
Fones: (51) 3065.4000 (51) 3594.0444 - Fax: (51) 3594.0448

PUBLICIDADE
Mostrou a que veio

Grêmio estreia com propriedade e vitória na Libertadores

Tricolor venceu o Zamora por 2 a 0, na noite desta quinta-feira, na Venezuela

Lucas Uebel/Grêmio
Lance da partida entre Zamora e Gremio, disputada na noite desta quinta-feira, dia 9, no estadio Agustin Tovar, valida pela primeira rodada da Conmebol Libertadores Bridgestone 2017
O calor e o peso da estreia não brecaram o ímpeto do Grêmio na noite desta quinta-feira, na Venezuela, pela Copa Libertadores. Contra o Zamora, o time de Renato Portaluppi venceu por 2 a 0, mostrou tranquilidade para construir o resultado e já garantiu a liderança do grupo 8 da competição. Nem mesmo os desfalques importantes fizeram com que o Tricolor encontrasse dificuldade para superar o adversário, conseguindo mostrar que a equipe está bem decidida no seu objetivo maior, a busca pelo tri da competição continental. Agora, na próxima rodada, marcada para o dia 11 de abril, o Grêmio vai fazer sua primeira partida na Arena pela Libertadores. Enfrentará o Deportes Iquique, do Chile.

O nervosismo da estreia pesou no início do primeiro tempo. Foram 15 minutos iniciais onde o Zamora se atreveu com ataques rápidos dos seus jogadores. No mais perigoso deles, aos 10min, Penã cruzou rasteiro da direita e Clarke mandou de primeira, por cima do gol de Grohe.

Tranquilo e consciente de suas qualidades, o Tricolor soube suportar os avanços do adversário e começou a ter mais controle da bola, o que acabou resultando em mais investidas no ataque. E o gol veio ao natural aos 45min, dos pés de um dos reforços da temporada: Léo Moura. Depois de tabela rápida entre Luan e Pedro Rocha, a bola sobrou para o veterano lateral-direito, que enquadrou o corpo e bateu seco, no canto do goleiro, para marcar seu primeiro gol com a camisa gremista.

O Tricolor foi para o vestiário sabendo que o placar mínimo poderia trazer complicações na segunda etapa, mas não foi isso que aconteceu. Logo aos 6min, em jogada veloz no ataque gremista, Ramiro recebeu a bola dentro da área e sofreu a carga: pênalti. Na cobrança, Luan deslocou do goleiro e ampliou a vantagem do Grêmio no jogo. O gol cedo acabou chamando o Zamora para cima. E por cerca de 10 minutos, os gremistas sofreram para controlar os rápidos ataques dos venezuelanos. Para esfriar o jogo e botar um pouco mais de veneno no ataque, o técnico Renato Portaluppi promoveu a entrada de Éverton, Barrios e, logo em seguida, Fernandinho. Porém, o resultado ficou nos 2 a 0 e o Grêmio comemorou a estreia com vitória longe de seus domínios na Libertadores.

ZAMORA-VEN: Salazar; Faría (Ronald Hernández), Hernández, Fillipetto e Ovalle; Melo, Vargas (Pinto), Gallardo, Peña e Clarke (Sosa); Uribe Técnico: Francisco Stifano

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Léo Moura, Rafael Thyere, Kannemann e Marcelo Oliveira; Jaílson, Michel, Ramiro, Miller Bolaños (Fernandinho) e Pedro Rocha (Everton); Luan (Lucas Barrios) Técnico: Renato Gaúcho.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS