Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Jornal NH, 99 - Bairro Ideal - Novo Hamburgo/RS - CEP: 93334-350
Fones: (51) 3065.4000 (51) 3594.0444 - Fax: (51) 3594.0448

PUBLICIDADE
Tricolor

Com lesão muscular, Marcelo Grohe não enfrenta o Veranópolis

Goleiro gremista tem um edema na coxa e não poderá jogar contra no domingo pelo Gauchão

Lucas Uebel/Grêmio/
Goleiro Marcelo Grohe tem uma lesão muscular na coxa e irá desfalcar o time gremista nos próximos jogos, deixando a vaga entre Léo e Bruno Grassi
Mais uma lesão para complicar a vida do técnico Renato Portaluppi. Depois de sentir dores ainda no aquecimento antes do jogo com o Brasil-Pel na noite de quarta, o goleiro gremista Marcelo Grohe realizou exames nesta quinta-feira que apontaram um edema na coxa direita. O Departamento Médico tricolor não revelou o tempo de recuperação, mas ele não estará em campo domingo, contra o Veranópolis, em um confronto direto pela vice-liderança do Gauchão. As duas equipes somam 12 pontos, mas os gremistas levam vantagem no saldo de gols.

Como há um revezamento entre Léo e Bruno Grassi no banco de reservas, e Léo atuou contra o Brasil-Pel, a tendência é que Grassi atue no domingo. Outra mudança para esta partida deve ser a entrada de Lucas Barrios na vaga de Bolaños, que foi convocado pela seleção equatoriana e ainda levou o terceiro cartão amarelo durante o 1 a 1 com o Brasil-Pel.

Depois de uma cirurgia no joelho e uma lesão na panturrilha, Edílson está recuperado e pronto para voltar ao time. A questão agora é saber se o técnico irá optar pelo seu retorno ou pela manutenção de Léo Moura na lateral direita. “Sempre vou respeitar o companheiro, mas vou buscar meu espaço. A gente sabe que o Edílson é um grande jogador, mas a oportunidade, quando é dada, tem que ser agarrada. Aproveitei a minha e estou tendo essa sequência”, disse Léo Moura, em entrevista coletiva. A decisão está nas mãos de Portaluppi.

Renato preserva La Gata

O meia argentino Gastón “La Gata” Fernández ficou no banco de reservas contra o Brasil-Pel e acabou não estreando com a camisa tricolor. “Vem treinando bem, conhecendo o grupo, o nome dos jogadores, as características. Vamos soltá-lo aos poucos”, salientou o técnico Renato Portaluppi. “Não adianta colocar um jogador que não conhece os colegas, entra mal e vão achar que não é bom. Sabemos o que estamos fazendo. Na hora certa vai chegar a oportunidade dele. Tem treinado bem e vai nos ajudar”, ressaltou o comandante que preferiu preservar o atleta.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS