Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Jornal NH, 99 - Bairro Ideal - Novo Hamburgo/RS - CEP: 93334-350
Fones: (51) 3065.4000 (51) 3594.0444 - Fax: (51) 3594.0448

PUBLICIDADE
Opinião do Repórter

No interior do trem

Leia opinião de Eduardo Andrejew para esta segunda-feira, 6 de março de 2017

Talvez um dos melhores reflexos de como anda a situação do País, incluindo aí várias cidades da nossa região, seja o trensurb. Quem utiliza o trem diariamente presencia o crescente número de pedintes e vendedores dentro dos vagões. Não faltam histórias tristes e até duvidosas: supostas mães de crianças com câncer, mulheres com doenças terminais, por exemplo. Mas há também sobreviventes de descargas elétricas (com sequelas visíveis), crianças vendendo doces e, assim, deixando de brincar e de frequentar uma escola. Casos de confusão, violência e relatos de arrastões já não são, infelizmente, tão raros.

Mas cabe uma reflexão. As histórias tristes, mesmo aquelas que são falsas, acabam refletindo o número crescente de pessoas desempregadas na região metropolitana. A violência crescente está longe de apenas apontar a precariedade da segurança dentro dos trens, pois o problema se liga ao aumento da criminalidade. O fato é que vivemos em um País precarizado em questões básicas como emprego, segurança, saúde e educação. Ao transportar a comunidade, o trem também leva a reboque seus problemas. A solução deles passa por um poder público mais presente e que trabalhe com seriedade para melhorar a qualidade de vida do País. E isso, definitivamente, não tem a ver com estabelecer tetos em gastos sociais. Para recolocar o País e o Estado nos trilhos e no bom caminho, não se pode esquecer dos passageiros.

Eduardo Andrejew é editor


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS