Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Jornal NH, 99 - Bairro Ideal - Novo Hamburgo/RS - CEP: 93334-350
Fones: (51) 3065.4000 (51) 3594.0444 - Fax: (51) 3594.0448

PUBLICIDADE
Esquema fraudulento

Nova fase da Lava Jato no Rio investiga fraude na Linha 4 do metrô

Alvos teriam ligação com o ex-governador Sérgio Cabral

Agência Brasil
Ex-governador Sérgio Cabral é suspeito de comandar esquema de corrupção
A Polícia Federal  deflagrou na manhã desta terça-feira (14) mais um operação para desarticular o esquema criminoso que seria chefia pelo ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral. De acordo com o G1, a investigação resultante na ação de hoje envolve esquema de corrupção e pagamento de propina em contratos da Linha 4 do Metrô.

Segundo o site, dois mandados de prisão são contra Heitor Lopes de Sousa Junior, diretor da Companhia de Transportes sobre Trilhos do Estado do Rio de Janeiro (Rio Trilhos) e Luiz Carlos Velloso, cujo nome consta na página do governo do Estado do Rio como atual subsecretário de Transporte do Rio.

Cabral cobrava propina de empreiteiras para fechar os contratos com o governo do Rio. Ele foi preso durante a Operação Calicute, um desdobramento da Lava Jato no Rio de Janeiro. O empresário Eike Batista também está preso por envolvimento no mesmo esquema criminoso. 


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS