Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Jornal NH, 99 - Bairro Ideal - Novo Hamburgo/RS - CEP: 93334-350
Fones: (51) 3065.4000 (51) 3594.0444 - Fax: (51) 3594.0448

PUBLICIDADE
Serviço

Após três horas, trens voltam a circular normalmente

Problema na sinalização interrompeu a operação da Trensurb

Juarez Machado/GES
Usuários do trem esperam enquanto o problema na via férrea não é resolvido

Após mais de três horas com o serviço paralisado, trens voltaram a circular às 17 horas desta sexta-feira (3). Um problema na sinalização fez com que a operação fosse cancelada e todas as estações, de Novo Hamburgo a Porto Alegre, foram fechadas.

A paralisação dos trens começou por volta das 13h40. Neste horário, um dos veículos que seguia para Novo Hamburgo parou na estação Esteio. O condutor avisou que o trem permaneceria parado devido à "problema elétrico" e que não havia previsão para normalização do serviço.

Sem muita informação, os passageiros começaram a circular pela estação. O que mais atrapalhava era o calor. Nesta tarde, os termômetros ultrapassaram os 30ºC na região. O trem que estava parado em Esteio era antigo e não havia ar-condicionado. A maioria dos passageiros teve que comprar água no bar da estação para se hidratar.

Devido à demora, muitos usuários decidiram deixar a estação e procurar outro meio de transporte. A maioria optou pelos ônibus. As paradas estavam cheias e muitos ônibus que passavam por Esteio, sentido Porto Alegre, estavam lotados.

Durante a paralisação dos trens, houve o retorno parcial do serviço entre as estações Mercado, em Porto Alegre, e Mathias Velho, em Canoas, mas foi necessária a nova interrupção.

A paralisação foi causada por uma sobrecarga no sistema de sinalização. Segundo a Trensurb, o sistema "garante a segurança da circulação dos trens, além de ser responsável pelas mudanças de via das composições".

Problemas também pela manhã

Com o problema na rede de energia aérea, os intervalos entre as viagens eram de 12 minutos, com possibilidade de pequenos atrasos. Segundo a Trensurb, a operação no horário de pico da tarde teve previsão de intervalos de 4 a 6 minutos no trecho Mercado-Sapucaia e de 12 a 15 minutos no trecho Mercado-Novo Hamburgo.

O conserto da rede só será feito durante a madrugada, após o final da operação comercial. Segundo a empresa, o tempo previsto para realização do serviço é de uma hora e a realização durante o dia acarretaria na interrupção do funcionamento dos trens durante esse período.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS