Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Jornal NH, 99 - Bairro Ideal - Novo Hamburgo/RS - CEP: 93334-350
Fones: (51) 3065.4000 (51) 3594.0444 - Fax: (51) 3594.0448

PUBLICIDADE
Gravataí

Denarc faz maior apreensão de LSD do ano após festa

No estojo havia cerca de 300 pontos da droga

Denarc/Divulgação
LSD foi encontrado após festa rave que acabou em tiroteio em Gravataí
Agentes do Departamento Estadual de Prevenção e Repressão ao Narcotráfico (Denarc) realizaram a apreensão de 300 pontos de LSD nesta segunda-feira (20), nas proximidades da RS-020, em Gravataí. A ação ocorreu a partir de uma denúncia de que a droga estaria armazenada no local onde havia acontecido, no final de semana, uma festa de música eletrônica.

Segundo a denúncia, um indivíduo estaria vendendo grande quantidade da droga no interior do evento; entretanto, com disparos de arma de fogo que ocorreram no local, o suspeito teria se refugiado e escondido o restante da droga, a fim de não ser identificado. Os agentes policiais foram até o local hoje e localizaram um estojo, contendo o total de 300 pontos da droga.

Segundo declarações do Delegado Maurício Barison, "percebe-se que a droga estava fracionada em diferentes porções, com 25, 10 e 5 pontos, a serem vendidas por diferentes valores." Isso significa que possivelmente a droga poderia ser facilmente fracionada em um único ponto, o equivalente a uma dose individual, para ser vendida para um única pessoa, ou ser adquirida em número maior de porções a fim de ser consumida por uma turma de amigos presentes no evento. O valor da droga apreendida poderia render ao traficante entre 10 e 10 mil reais.

O Diretor de Investigações do Denarc, Delegado Mario Souza, afirmou que "esta é a maior apreensão de LSD realizada pelo Departamento até o momento no ano de 2017", e que "as investigações a fim de impedir o tráfico de drogas sintéticas no Estado serão intensificadas."


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS