Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Jornal NH, 99 - Bairro Ideal - Novo Hamburgo/RS - CEP: 93334-350
Fones: (51) 3065.4000 (51) 3594.0444 - Fax: (51) 3594.0448

PUBLICIDADE
Podcast Mente Viva

Explosões de raiva: quando o sentimento vira excesso e é preciso pedir ajuda

Batemos um papo com a psicóloga Patrícia Spindler sobre o que nos tira do sério todos os dias

Reprodução/Reprodução
Raiva é um dos sentimentos mostrados no filme Divertida Mente
AI, QUE RAIVA!!!

Não é louco como as coisas parece que vão acumulando e, às vezes, dá uma vontade de gritar bem alto ou bater bem forte em alguma coisa? Ou em alguém? A raiva é um sentimento muito comum. Ligada à frustração, não tem como escapar dela. O problema é quando aquelas gotinhas d'água vão enchendo o copo e ele acaba transbordando - e respingando em quem está por perto.

Para entender um pouco mais sobre esse sentimento e como lidar com ele, a jornalista Raquel Reckziegel conversa com a psicóloga e psicoterapeuta Patrícia Spindler.

Ouça o podcast na íntegra*:

Apresentação e edição: Raquel Reckziegel

Trilha Sonora: Killing in the name - Rage Against the Machine

Inserts: Personagem Raiva, do filme Divertida Mente, e áudio de cenas da versão dublada do filme Um Dia de Fúria.

* Para baixar, clique com o botão direito na flecha ao lado do player de áudio e clique em "salvar áudio/vídeo como".


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS