Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Jornal NH, 99 - Bairro Ideal - Novo Hamburgo/RS - CEP: 93334-350
Fones: (51) 3065.4000 (51) 3594.0444 - Fax: (51) 3594.0448

BAH!rulho
Turnê

Flanders 72 leva o seu punk rock para a Alemanha

Banda leopoldense fará dez shows em nove cidades alemãs de 17 a 28 de maio

Divulgação
Banda fará uma série de shows pela Alemanha
Os caras da Flanders 72 foram destaque aqui no Bah!rulho em outubro do ano passado. Na época, a banda de São Leopoldo estava lançando o clipe da música Bobby is Going Home, do disco mais recente deles, Atomic (2016). Agora, Paulinho Tscherniak (guitarra e vocal), Dudu Lippstein (baixo e vocais) e Big Mike (bateria) estão de malas prontas para uma turnê pela Alemanha. Entre os dias 17 e 28 de maio, a banda levará o seu punk rock a nove cidades alemãs em dez apresentações. Além das músicas do novo álbum, a Flanders 72 apresentará, nessa segunda tour pela Europa, canções dos primeiros discos: South American Punk Rockers (2011) e Dummyland (2013). O Bah!rulho conversou com o Paulinho Tscherniak pra saber um pouco mais sobre as apresentações em território alemão. Se liga aí:

Como surgiu a oportunidade da turnê pela Alemanha?

Quando estávamos com o Atomic gravado e pronto, procuramos por selos interessados em lançar o CD aqui no Brasil, mas não conseguimos nenhum. Por outro lado, surgiram selos interessados na Alemanha, Espanha e Japão. Assim que o LP foi lançado na Alemanha, o selo alemão Partysprenger nos convidou para fazer a turnê de divulgação. A princípio queríamos ir para mais algum país da Europa, como havíamos feito em 2014, mas tivemos muito mais retorno da Alemanha e acabamos fechando todas as datas no país.

Como foi a escolha das cidades?

A ideia era tocar em todos os cantos do país, fazer a volta pelo país divulgando o Atomic.

Como é a divulgação e a receptividade do som de vocês na Europa?

É muito boa! É o lugar que mais abraçou a banda, temos muito retorno de fãs da Alemanha, Espanha, Inglaterra, Áustria... Recebemos muitas mensagens pelo Facebook da banda de pessoas desses países e isso é incrível! O público do rock na Europa não tem nenhum tipo de preconceito. Por exemplo, nos nossos shows lá, havia desde um guri de 13 anos acompanhado pela mãe até um pessoal de 50, 60 anos, todo mundo curtindo o show junto. Isso é muito legal.

Essa não é a primeira vez da Flanders 72 na Europa. Como foi a tour anterior?

Estivemos na Europa em 2014, nossa primeira tour e foi muito legal. Tocamos na Bélgica, Alemanha e gravamos um programa para o Canal Londres na Inglaterra. Fizemos cinco shows, tivemos um tempo para aproveitar a viagem e "turistar". Dessa vez será bem diferente, pois teremos shows todos os dias. Vai ser uma correria! 


BAH!rulho

por André Heck
andre.heck@gruposinos.com.br

Rock, pop, alternativo, hip hop... enfim, música. Essa é proposta do Bah!rulho, editado pelo jornalista André Heck. Um apanhado geral do que rola nos palcos e discos mundo afora, com informação e opinião, tudo em volume muito alto.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS