Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Jornal NH, 99 - Bairro Ideal - Novo Hamburgo/RS - CEP: 93334-350
Fones: (51) 3065.4000 (51) 3594.0444 - Fax: (51) 3594.0448

PUBLICIDADE
Adeus

Aos 70 anos, cantor Belchior morre em Santa Cruz do Sul

Causa da morte não foi divulgada

 

YouTube/Reprodução
O corpo do artista deve ser levado ao Ceará e o sepultamento deve ocorrer na cidade de Sobral, onde o cantor nasceu
O cantor e compositor Carlos Gomes Belchior Fontenelle Fernandes, conhecido como Belchior, morreu, aos 70 anos, na madrugada deste domingo (30), em Santa Cruz do Sul, no Rio Grande do Sul, informou, por meio de nota, o governo do Ceará.

O corpo do artista deve ser levado ao Ceará e o sepultamento deve ocorrer na cidade de Sobral, onde o cantor nasceu. O governador do Ceará, Camilo Santana, decretou luto oficial de três dias.

Na nota, o governo lamenta a morte do artista e diz que "Belchior é dono de uma trajetória artística da mais absoluta importância para a cultura do Estado. Sua carreira o levou ao patamar de um dos maiores ícones da Música Popular Brasileira, promovendo o nome do Ceará em todo o Brasil e no mundo".

Biografia

Belchior nasceu em 26 de outubro de 1946, em Sobral, no Ceará. Com mais de 40 anos de carreira, ele não tinha paradeiro definido desde 2008, segundo o G1. Antes de abandonar a carreira, fez sucesso nos anos 70 com o disco Alucinação, com clássicos como Apenas um rapaz latino-americano, Velha roupa colorida e Como nossos pais.


PUBLICIDADE

WEBTV

PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS