Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Jornal NH, 99 - Bairro Ideal - Novo Hamburgo/RS - CEP: 93334-350
Fones: (51) 3065.4000 (51) 3594.0444 - Fax: (51) 3594.0448

PUBLICIDADE
Tecnologia
Ransomware

Atenção: ataque hacker pode voltar nesta segunda

Especialista que ajudou a interromper ataque acredita que onda de invasões deva recomeçar nesta segunda (15/5)

Divulgação
Roubo de dados
Na sexta-feira, mais de 70 países foram vítimas de um ataque hacker. Tratava-se de um ransomware, vírus que invadia máquinas, codificava os arquivos e lançava um aviso de que elas só seriam liberadas mediante pagamento de resgate. O ataque terminou ainda na sexta, após ter chegado a desativar serviços como o INSS do Rio e até hospitais no Reino Unido. Principalmente órgãos públicos e empresas foram atingidos. Porém, especialistas acreditam que o ataque possa recomeçar nesta segunda-feira (15/5).

Uma das curiosidades é que o ataque foi interrompido por acaso. O especialista em segurança britânico que usa o nickname MalwareTech, um ex-hacker que trabalha em análise de vulnerabilidades digitais, estava analisando o ataque na sexta-feira e descobriu que o vírus empregado, o WannaCry (também conhecido por WannaCrypt e WanaCrypt0r 2.0), estava passando por um endereço específico da Internet, não listado, a cada infecção. O MalwareTech comprou o domínio em questão, a fim de analisar o tráfego e tentar localizar a origem do ataque. Foi aí que as infecções pararam.

É possível que o endereço funcionasse como um alarme para o grupo criminoso responsável pelos ataques saber que estava sendo localizado. À imprensa britânica, MalwareTech comentou que não esperava deter a propagação do vírus, mas isso aconteceu acidentalmente. Porém, ele acredita que o ataque deva ser retomado, possivelmente nesta segunda-feira.

Os principais alvos são grandes organizações, mas usuários individuais podem ser vitimados também, caso o ataque se repita. Precauções incluem atualizar o antivírus, usar firewall ou aumentar o nível de segurança do sistema operacional e atualizar o Windows com os patches de segurança mais recentes. Medida sempre válida, é importante não clicar em anexos desconhecidos de e-mails nem telas de confirmação suspeitas em sites. Por estes dias, evite operações que envolvam muita exposição de dados on-line.


Tecnologia

por André Moraes
andre.moraes@gruposinos.com.br

André Moraes é editor de Tecnologia do Jornal NH. Sua experiência profissional inclui o jornalismo de divulgação científica, publicações técnicas e reportagem de tecnologia.

PUBLICIDADE

WEBTV

PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS