Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Jornal NH, 99 - Bairro Ideal - Novo Hamburgo/RS - CEP: 93334-350
Fones: (51) 3065.4000 (51) 3594.0444 - Fax: (51) 3594.0448

PUBLICIDADE
Gilson Luis da Cunha

Que o quatro de maio esteja com você!

Diário de bordo de um nerd no planeta Terra (DATA ESTELAR 07052017)

Gilson Luis da Cunha - Blog Diário de Bordo de um nerd no planeta terraGilson Luis da Cunha é doutor em Genética e Biologia Molecular pela Ufrgs, Old School Nerd, fã incondicional de livros filmes, séries e quadrinhos de ficção científica, fantasia e aventura

A frase acima não faz o menor sentido em português. Mas, em inglês, marca o início das comemorações dos quarenta anos de Star Wars. “May The Fourth Be With You”, é um trocadilho com “May The Force Be With You”, o popular “que a força esteja com você”. O verdadeiro aniversário da franquia é no dia 25 de maio. Nessa data, em 1977, o filme faria sua estreia nas telas de cinema dos EUA. Essa data também foi escolhida, sem qualquer motivo, como o dia da toalha, em homenagem a Douglas Adams, autor do Guia do Mochileiro das Galáxias, que, curiosamente, não nasceu nem morreu nesse dia.

Na última quinta-feira, as redes sociais e rodas de amigos pipocaram com o poder da força.

O quatro de maio, também conhecido como Star Wars day, esse evento teria ocorrido em 2005, durante uma entrevista de George Lucas à TV alemã. O intérprete alemão teria traduzido a frase como “Estaremos com você em quatro de maio”. A entrevista foi ao ar no dia 18 de maio de 2005. Mas foi em 2011 que o quatro de maio passou a ser comemorado formalmente. A celebração aconteceu em Toronto, no Canadá, no cinema subterrâneo de Toronto. Houve concurso se cosplay, game show de trivia sobre Star Wars e exibição dos filmes da trilogia clássica. Desde então, a data se espalhou pelo mundo e ganhou força com as redes sociais.

O fato é que o mês de maio é o mês mais geek do ano. O próprio 25 de maio é uma verdadeira “data ecumênica”, já que, além do dia da toalha e do aniversário de Star Wars, essa data também se tornou conhecida como o dia do orgulho nerd, num movimento que começou na Espanha, ganhou os EUA e, depois, o mundo. Mas, em minha humilde opinião, o grande catalisador de tudo isso foi, sem dúvida, Star Wars, ou, como era naquele distante final dos anos 70, Guerra nas Estrelas. George Lucas soube como ninguém fazer uma salada de frutas de cultura pop, com influências tão diversas quanto os filmes de samurai de Akira Kurosawa, os antigos seriados de Flash Gordon e, até mesmo, o romance Duna, de Frank Herbert.

Guerra Nas Estrelas, Episódio IV, Uma Nova Esperança, foi, sem sombra de dúvida o triunfo da ficção científica no cinema. Todo o cinema de entretenimento das décadas seguintes seria influenciado por esse fenômeno. Sem Star Wars, provavelmente não teríamos um Indiana Jones. E não falo apenas do protagonista Harrison Ford. Se a saga Jedi não tivesse sido o sucesso que foi, dificilmente George Lucas conseguiria tocar o projeto das aventuras do arqueólogo aventureiro adiante. Maio de 1977 foi o mês em que tudo mudou.

No Brasil, contudo, o filme só seria lançado em 30 de janeiro de 1978. Posso dizer, sem hesitar, que foi um divisor de águas em minha vida de cinéfilo. Até hoje eu me lembro da primeira imagem de Star Wars que eu vi. Era uma foto num jornal em preto e branco (sim, naquela época os jornais não eram em cores. Não. Não foi no paleolítico). Ela mostrava Luke Skywalker correndo em direção a seu speeder, com Obiwan Kenobi e os dróides C3PO e R2D2 ao fundo. Embaixo, uma pequena nota: "A Fox anuncia para janeiro o lançamento de um superespectáculo de ficção científica, Guerra nas Estrelas".

Ficção científica no cinema! E não era trash! Era um superespectáculo! Naquele dia, uma incontável série de futuros alternativos sumiu de minha linha de tempo. E outros, se tornaram reais. Na próxima semana, continuamos com nosso papo sobre o fenômeno que mudou o mundo da ficção científica para sempre. E como o mês pertence aos Jedi, eu encerro dizendo apenas “Que a força esteja com vocês”. Até domingo que vem.


PUBLICIDADE

WEBTV

PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS