Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Jornal NH, 99 - Bairro Ideal - Novo Hamburgo/RS - CEP: 93334-350
Fones: (51) 3065.4000 (51) 3594.0444 - Fax: (51) 3594.0448

Situação complicada

Só mesmo um milagre para o Noia classificar na Série D

Anilado e Foz do Iguaçu ficam no 1 a 1, no Vale, e podem morrer abraçados na competição

Inézio Machado/GES
Noia perdeu chances e vê classificação na Série D muito distante
Só um daqueles milagres do futebol podem salvar o Novo Hamburgo na Série D do Campeonato Brasileiro. O Anilado, que precisava de duas vitórias nos últimos dois jogos para avançar de fase, se complicou devido ao empate por 1 a 1 com o Foz do Iguaçu-PR, neste domingo, no Estádio do Vale, pela 5ª rodada da competição. O problema é que o Noia pode ser eliminado da quarta divisão na noite desta segunda-feira, caso o Inter de Lages-SC vença o São Bernardo-SP, em Santa Catarina. O clube hamburguense ficaria sem chances de classificar, assim como os paranaenses.

O Noia, que está em terceiro lugar no grupo A16, com 5 pontos, precisa que o time paulista vença ou empate, mas mesmo assim corre o risco de não avançar de fase. O Anilado teria que vencer o São Bernardo, em São Paulo, no domingo que vem, e torcer para o Foz do Iguaçu bater o Inter de Lages na última rodada da fase de grupos. Sem contar que com 8 pontos pode ficar fora da lista dos 15 melhores segundos colocados dos 17 grupos da Série D que avançam no certame. É complicado.

O JOGO

Num dia em que o frio e a chuva vieram para arrebentar no Estado, o futebol do Noia também foi afetado e congelou. No Vale, os anilados foram melhores no começo da partida. Aos 16min, Alberto cobrou falta, o goleiro Pablo bateu roupa e Tiago Ott aproveitou o rebote para abrir o placar. A vitória dava vida ao Novo Hamburgo na competição e animou os guerreiros torcedores que foram ao estádio acompanhar a partida. A questão é que o time paranaense começou a gostar do jogo e trouxe dificuldades ao Noia, que passou a errar muitos passes. Aos 40min, os hamburguenses cometeram uma falta na entrada da área e, na cobrança, Matheus foi feliz ao acertar um belo chute no canto direito de Max. No segundo tempo, o Noia esteve mais desorganizado e aparentemente cansado. Não teve forças e pouco arriscou contra o fraco goleiro do Foz do Iguaçu, que fez cada lambança na partida que até Deus duvida.

Com o péssimo resultado, o vice-presidente de futebol Everton Cury praticamente jogou a toalha. “Pela qualidade, nós não merecemos classificar”, comentou após a partida, tomando para si a responsabilidade da formação do elenco. O certo é que o Noia precisava jogar o torneio para não receber a punição de dois anos da CBF sem disputar a Copa do Brasil e a Série D. O Anilado se reapresenta nesta segunda-feira, às 15h30, no Vale. E que saudade do Gauchão!

Ficha Técnica

Novo Hamburgo

Max; Thomas, Ricardo Schneider, Léo Carioca e Brida; Alberto, Tiago Ott, Preto e Diego Miranda (Jeff Silva); Juninho Brandão (Kanu) e Jajá (Bruno Henrique). Técnico - Ben Hur Pereira.

Foz do Iguaçu

Pablo; Lucas Garcia, Gustavo, Luiz Felipe e Léo Griggio (Bruno); Erwin, Eder, Matheus (Alan) e Bruno Flores e Yannick, Gian Luca (Humberto). Técnico - Allan Aal.

Detalhes

Local - Estádio do Vale, em Novo Hamburgo. Horário - 16 horas. Arbitragem - Felipe Duarte Varejão (ES), auxiliado por Michael Stanislau (RS) e Tiago Augusto Diel(RS)


PUBLICIDADE

WEBTV

Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS