Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Jornal NH, 99 - Bairro Ideal - Novo Hamburgo/RS - CEP: 93334-350
Fones: (51) 3065.4000 (51) 3594.0444 - Fax: (51) 3594.0448

PUBLICIDADE
Derrota para o CRB

Inter inspirado no Rei Pelé? Não!

Em péssima atuação neste sábado, Inter é derrotado pelo CRB por 2 a 0 pela 14ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro

Ricardo Duarte/Inter
Nem mesmo o capitão D'Alessandro conseguiu ter uma boa atuação, apesar de buscar o jogo
As coisas pareciam que engrenariam após a vitória frente ao Ceará na terça-feira, mas ao invés de evoluir e embalar na Série B do Campeonato Brasileiro, o Inter voltou a apresentar um péssimo futebol. Nem mesmo por jogar no estádio que leva o nome do maior jogador da história do esporte no Brasil, o Rei Pelé, o time conseguiu buscar inspiração para ter bola no pé. Na tarde deste sábado, o Colorado foi batido por 2 a 0 pelo CRB, em Maceió, no Alagoas, e segue fora do G4 da segunda divisão nacional e vai caindo na tabela de classificação. Apesar disso, segue a dois pontos do quarto colocado, que agora é o time alagoano.

E como atuando fora de casa o Inter é mais perigoso que no Beira-Rio, os torcedores colorados acreditavam em uma nova vitória na competição. Mas em mais uma atuação abaixo da expectativa e sem criatividade, o Inter sucumbiu em gols sofridos nos minutos finais de cada etapa. Aos 44min do primeiro tempo, Diego invadiu a área colorada pela esquerda, após tabela que confundiu a marcação de Winck e Edenílson, e num chute cruzado com muita força, não deu chances para Danilo Fernandes. Na etapa complementar, novamente aos 44min, o zagueiro Flávio Boaventura subiu mais alto que a defesa vermelha após cobrança de escanteio, e matou o jogo em gol de cabeça. Antes desse lance, o Inter reclamou de um pênalti a seu favor. E realmente, na jogada anterior ao gol alagoano, Edenílson arriscou chute na entrada da área e a bola tocou no braço do zagueiro Adalberto, mas o árbitro Heber Roberto Lopes mandou seguir o jogo.

Na próxima rodada, o Inter voltar a jogar dentro de casa, onde o desempenho não é bom. Desta vez, o adversário será o Luverdense, na terça-feira, às 21h30.

Sem mudança

Ao final da partida, a delegação colorada demorou bastante tempo para sair do vestiário e conceder as entrevistas coletivas. O fato deu indícios que alguma mudança no departamento de futebol poderia ocorrer, mas nada muda por enquanto. “Na realidade, faltou um melhor desempenho. Não tivemos a evolução que a gente esperava. Temos que trabalhar para alcançar a sequência de vitórias, só assim vamos estabilizar no campeonato. Terça-feira, precisamos do apoio do torcedor contra o Luverdense”, destacou o vice-presidente de futebol do Inter, Roberto Melo, que segue buscando reforços para a equipe de Guto Ferreira. O Inter volta com voo fretado para Porto Alegre e deve chegar na madrugada deste domingo. 

Ficha Técnica

CRB

Edson; Adriano, Flávio, Adalberto e Yuri; Diego, Edson Ratinho, Danilo Pires (Tony) e Zé Carlos (Neto Baiano); Chico e Erick Sales (Rodrigo). Técnico - Dado Cavalcanti.

Inter

Danilo Fernandes; Winck (Carlos), Klaus, Cuesta e Uendel; Charles, Edenílson, Gutiérrez e D'Alessandro (Juan); Nico (Marcelo Cirino) e Pottker. Técnico -Guto Ferreira.

Detalhes

Local - Estádio Rei Pelé, em Maceió-AL. Arbitragem - Heber Roberto Lopes, auxiliado por Carlos Berkenbrock e Johnny Barros de Oliveira.


PUBLICIDADE

WEBTV

PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS