Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Jornal NH, 99 - Bairro Ideal - Novo Hamburgo/RS - CEP: 93334-350
Fones: (51) 3065.4000 (51) 3594.0444 - Fax: (51) 3594.0448

PUBLICIDADE
Em 1º turno

Vereadores aprovam criação de 287 novos cargos públicos em Novo Hamburgo

Área da educação ficará com 87% dos profissionais

GES/ Arquivo
Educação, com chamamento de 100 professores para Educação Infantil, outros 100 para anos iniciais do Ensino Fundamental, será a principal beneficiada
Um total de 287 vagas para nove tipos de cargos públicos será aberto em Novo Hamburgo, conforme projeto da Prefeitura apreciado, na quarta-feira (11), em primeiro turno pela Câmara de Vereadores. O texto foi aprovado por unanimidade. A votação em segundo turno será na sessão de segunda-feira (17).

O principal reflexo com a abertura dos postos de trabalho será no setor de Educação, com chamamento de 100 professores para Educação Infantil, outros 100 para anos iniciais do Ensino Fundamental e ainda 30 de Educação Física. O texto ainda prevê abertura de 20 vagas para secretários de escolas, 28 para assistentes sociais, três para arquivista, três para desenhista técnico, duas para procurador e uma para arquiteto.

De acordo com o assessor jurídico especial da Prefeitura, Ruy Noronha, duas situações foram determinantes para a ampliação das vagas, em especial, na Educação. “Temos um grande número de aposentadorias de professores e reivindicações da Defensoria Pública e do próprio Judiciário para atender o déficit de vagas na área da Educação Infantil”, explicou, acrescentando que as convocações serão graduais.

Pedido de celeridade

Ontem, a Comissão de Obras, Serviços Públicos e Mobilidade Urbana (Coosp), deu aval positivo após análise das comissões de Constituição, Justiça e Redação (Cojur), de Educação, Cultura, Desporto, Ciência e Tecnologia (Coedu) e também de Competitividade, Finanças, Orçamento, Economia e Planejamento (Cofin). “Damos caráter de agilidade diante a carência na demanda da Educação. O nosso papel como comissão foi dar auxilio no processo”, disse o presidente da Coedu, vereador Issur Koch (PP). A secretária de Educação, Maristela Guasseli, chegou a solicitar celeridade na análise.

Também foi aprovado ontem o Programa Municipal de Iniciação à Docência (PMID). A iniciativa autoriza a contratação de bolsistas universitários que cursem Pedagogia ou licenciaturas plenas para estágio junto às escolas da rede municipal, com jornada semanal de 12 horas e auxílio mensal no valor de 400 reais. O texto ainda depende de segunda votação.


PUBLICIDADE

WEBTV

PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS