Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Jornal NH, 99 - Bairro Ideal - Novo Hamburgo/RS - CEP: 93334-350
Fones: (51) 3065.4000 (51) 3594.0444 - Fax: (51) 3594.0448

PUBLICIDADE
Oportunidade

16 prefeituras da região têm ou vão abrir concurso público nos próximos meses

Em tempo de crise, sonho do emprego público é alimentado por muita gente

O segundo semestre se inicia com boas perspectivas para quem pensa em ser servidor público. Dos 44 municípios da região dos vales do Sinos, Paranhana e Caí e Serra Gaúcha, 16 prefeituras estudam a possibilidade ou já definiram datas para concursos públicos. Entre vagas já definidas estão de agentes administrativos, almoxarife, controlador interno, serventes, motoristas, agente fiscal, arquiteto, atendente de farmácia, auxiliar de manutenção, biólogo, eletricista, engenheiro civil, engenheiro elétrico, fisioterapeuta, geólogo, médico de diferentes especialidades, entre outros. Em Novo Hamburgo, será votado hoje, em segundo turno, na Câmara de Vereadores o projeto da Prefeitura que cria novas 287 vagas para nove tipos de cargos públicos. Fora das prefeituras, o judiciário gaúcho está com inscrições. Ainda estão previstos para o segundo semestre seleções na Polícia Civil, Brigada Militar, Receita Federal, Polícia Federal e Polícia Rodoviária Federal.

Embora as crises política e econômica tenham provocado a baixa oferta de concursos, especialmente nos últimos dois anos, como comenta o gestor e coordenador Pedagógico no Unificado Concursos Novo Hamburgo, Sergio Cabrera, a procura existe principalmente pela estabilidade que um servidor possui, diferentemente de uma instituição privada. "Passado o estágio probatório, o servidor passa a ter estabilidade e regido por legislação específica que trata desse assunto", salienta.

O mestre em matemática aplicada e proprietário do Cursão do Fabão, Fábio Kruse, diz que o psicológico influencia bastante na hora que o candidato faz a prova. Ele salienta que não passar faz parte do processo. "Creio que a preparação psicológica é muito importante e sugiro que a pessoa procure pessoas especializadas neste sentido. Para muitos, a conquista de um emprego público é um projeto de vida e isto pode levar algum tempo. Estar ciente disso pode ajudar bastante", aconselha.

Susi Mello/GES-Especial
Focada: a hamburguense Keli Zaparoli dedica mais tempo às matérias que tem dificuldade

Muito estudo para alcançar o objetivo

Aos 22 anos, formada em Eletrônica no ensino médio e cursando Administração na faculdade, Keli Zaparoli, moradora do bairro Petrópolis, em Novo Hamburgo, quer passar em concurso público. “O que a gente busca é estabilidade”, explica ela. A dedicação às aulas preparatórias de concurso no cursinho estende-se para a casa de Keli. Ora na sala, ora em seu quarto, onde a ordem é ter silêncio, a moradora de Novo Hamburgo acredita em disciplina e no mesmo afinco nos estudos em casa, a exemplo do que é feito na sala de aula do cursinho. “No último concurso que fiz, eu estudava em casa três horas por dia”, comenta Keli, que tem o estímulo de amigos e namorado para participar de seleções. Ela afirma ser organizada para estudar.

“Eu mantenho foco nas matérias que tenho mais dificuldades. Começo por aquelas de conhecimentos específicos, como legislação, e depois vou para português, raciocínio lógico e informática”, explica. Seus cadernos carregam marcações de disciplinas, expressões para lembrar o que já caiu em outras provas ou para lembrar o que viu em sala de aula. “Tento anotar tudo na aula e deixo anotações específicas do que preciso revisar”, comenta. Em seu notebook há pastas com o que estudou em concursos, questões específicas sobre as instituições que está se candidatando.

Onde há (ou haverá) concurso

Alto Feliz - A previsão é que tenha um concurso no semestre mas ainda sem data.

Bom Princípio - Há previsão de realização de concurso entre setembro/outubro.

Estância Velha - Existe a previsão da realização de um concurso público no segundo semestre.

Canela - A realização do concurso depende da aprovação do plano de carreira que está em elaboração.

Feliz - O processo licitatório para contratação de empresa já iniciou mas não há data prevista.

Imbé - Há previsão de um concurso para advogados possivelmente para o final deste ano.

Montenegro - No dia 27 de junho foi reaberto concurso, que havia sido suspenso para que a empresa se adequasse ao edital na parte referente a homologações. As inscrições já haviam se encerrado anteriormente. Com o novo cronograma, o concurso será no dia 13 de agosto.

Nova Hartz - Para o segundo semestre terá um concurso para fiscal, mas ainda sem data.

Nova Petrópolis - Inscrições encerradas em 29 de junho. A data provável para a prova objetiva é 6 de agosto.

Parobé - Estão sendo avaliados os cargos comissionados. Depois disso, está prevista a realização de concurso público.

Picada Café - A prefeitura avalia a necessidade e ainda não há informações sobre cargos e vagas.

Santo Antônio da Patrulha - Provavelmente, as inscrições ocorrem nos últimos meses deste ano.

São Francisco de Paula - Ainda está em fase de estudo o novo concurso.

São Sebastião do Caí - Os cargos são de contador, cuidador, fiscal municipal, guarda municipal, lavador de veículos, motorista, monitor de educação infantil, odontólogo, operário, psicólogo, servente, técnico em saúde bucal, professor de educação especial, professor ensino fundamental séries/anos finais nas disciplinas de geografia, educação artística e língua inglesa. Inscrições de 70 a 100 reais estão abertas até 24 deste mês pelo site www.unars.com.br.

Taquara - A previsão é que ocorra um concurso público no segundo semestre mas ainda sem data.

Três Coroas - Há previsão de concurso para o segundo semestre mas ainda sem data.

Tribunal de Justiça (TJ/RS)

Estão abertas até dia 24 deste mês as inscrições para o concurso público do Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Sul (TJ/RS). A seleção será para formação de cadastro reserva de cargos de nível médio e superior para Técnico Judiciário e Analista Judiciário das áreas Judiciária e Administrativa. As inscrições podem ser realizadas pelo site Faurgs (Fundação de Apoio da Universidade Federal do Rio Grande do Sul) e os valores são de 80 reais ou 183 reais (de acordo com a vaga pretendida).

Defensoria Pública do Rio Grande do Sul

Inscrições até 11 de agosto para vagas em cargos de nível médio e superior pelo site www.concursosfcc.com.br. Para cargos de nível médio, a taxa é de 80 reais já para nível superior custam R$ 182,41.


PUBLICIDADE

WEBTV

PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS