Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Jornal NH, 99 - Bairro Ideal - Novo Hamburgo/RS - CEP: 93334-350
Fones: (51) 3065.4000 (51) 3594.0444 - Fax: (51) 3594.0448

PUBLICIDADE
Foragido no país vizinho

Polícia gaúcha prende no Paraguai maior traficante do Sul do Brasil

Neri José Soares, de 39 anos, fornecia drogas a mais de uma facção do RS e também para fora do Estado

@minteriorpy/@minteriorpy/Twitter/ Reprodução
Neri José Soares, 39 anos, foi preso na sexta-feira na cidade de Los Cedrales
Uma operação da Polícia Civil em um trabalho conjunto com a Polícia Nacional do Paraguai prendeu em Los Cedrales, cidade próximo a Ciudad del Este, o homem que é considerado o maior traficante do Sul do Brasil. Neri José Soares, conhecido como Nazareth, de 39 anos, estava foragido da Justiça brasileira desde 2013 e se refugiava no país vizinho. Conforme a Polícia Civil, o detido liderava um negócio criminoso que movimentava cerca de R$ 120 milhões por mês.

"Com certeza o maior fornecedor de maconha do Rio Grande do Sul e possivelmente o maior do Sul do Brasil. Ele era responsável pela colocação de drogas no Sul e no Sudeste e para uma importante facção carioca e paulista que tem influência na Bahia e parte do Nordeste", afirmou o delegado Mário Souza, diretor de investigações do Departamento Estadual do Narcotráfico (Denarc).

A operação que prendeu Nazareth foi deflagrada na sexta-feira (14) e foi resultado um ano e sete meses da inteligência da Polícia Civil gaúcha. Ele tentou fugir ao perceber que seria abordado, mas foi perseguido e detido.

O traficante organizava do Paraguai remessa de toneladas de droga todos os meses para o Brasil. "Ele estava acima das facções. Fornecia drogas, principalmente maconha, para várias facções em todo o Brasil e em outros países da América Latina, mas principalmente aqui no Sul", afirma o delegado Emerson Wendt, chefe de Polícia do Rio Grande do Sul.

Após a detenção pela equipe brasileira, Nazareth foi conduzido às autoridades paraguaias para então ser entregue em território brasileiro, onde tem mandados de prisão. A Polícia não revelará o presídio para onde o criminoso será levado, por motivos de segurança.


PUBLICIDADE

WEBTV

PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS