Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Jornal NH, 99 - Bairro Ideal - Novo Hamburgo/RS - CEP: 93334-350
Fones: (51) 3065.4000 (51) 3594.0444 - Fax: (51) 3594.0448

PUBLICIDADE
Dinheiro extra

Dividido pela 1ª vez com o trabalhador, lucro do FGTS será depositado até o dia 31

Antes, todo o lucro do Fundo ficava para os cofres públicos

Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil
Pela primeira vez, governo dividirá com o trabalhador o lucro do FGTS
O presidente Michel Temer anunciou nesta terça-feira (8) que R$ 7 bilhões referentes ao lucro do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) serão distribuídos entre os trabalhadores. A informação já havia sido antecipada pela equipe econômica no final de semana. O valor ser creditado na conta do trabalhador até o dia 31 de agosto. 

De acordo com o presidente da Caixa Econômica Federal, Gilberto Occhi, o valor equivale a 50% do lucro líquido do Fundo em 2016. E será depositado para os trabalhadores com conta no FGTS até 31 de dezembro do ano anterior. Diferentemente das contas inativas, o valor não estará disponível para saque imediato. 

A princípio, o valor só poderá ser retirado em situações como aposentadoria, demissão sem justa causa, compra da casa própria e doenças graves. Quem sacou valores das contas inativas também terá direito. Mais detalhes de como funcionarão os saques serão divulgados nesta quinta-feira em cerimônia oficial no Palácio do Planalto. 

Esta é a primeira vez que o lucro do FGTS é dividido com o trabalhador. Antes, todo o lucro do fundo ficava para os cofres públicos. 


PUBLICIDADE

WEBTV

PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS