Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Jornal NH, 99 - Bairro Ideal - Novo Hamburgo/RS - CEP: 93334-350
Fones: (51) 3065.4000 (51) 3594.0444 - Fax: (51) 3594.0448

PUBLICIDADE
Política

Aécio diz que discussão sobre saída do PSDB do governo está superada

Em reunião da Executiva, partido definirá data para convenção em dezembro

Marcelo Camargo/Agência Brasil
Aécio Neves está afastado da presidência do PSDB
Presidente afastado do PSDB, o senador Aécio Neves (MG) disse nesta quarta-feira (9) que a discussão sobre a permanência no governo está superada dentro do partido. Na semana passada, os tucanos se dividiram ao meio ao votar a denúncia contra o presidente Michel Temer na Câmara. Aécio participou apenas da primeira meia hora da reunião da Executiva nacional, que decidirá o dia em que será realizada a convenção do partido para eleger a nova direção. E foi embora antes da chegada do colega José Serra (SP).

Aécio está afastado da presidência do PSDB e quem exerce interinamente o cargo é o senador Tasso Jerissati (CE). A convenção ocorrerá em dezembro, e Aécio defende que nesse mesmo evento o partido apresente seu candidato à presidência para as eleições de 2018.

"Enquanto o presidente da República considerar importantes esses quadros dentro do governo, enquanto ele achar necessário contar com os quadros do PSDB, ele terá liberdade para fazê-lo. Essa discussão sobre se sai do governo ou não sai do governo está superada", disse.

Aécio demonstrou desconforto ao ser perguntado sobre o "teaser" divulgado ontem pelo partido da propaganda partidária que será veiculada na semana que vem, em que a sigla faz um mea culpa e diz que errou. Ele disse que não participou da elaboração do programa, e que o melhor era perguntar a Tasso Jereissati sobre o tema. Mas afirmou que o partido precisa "urgentemente" de renovação.

"Não participei da elaboração do programa, mas acho que é uma tentativa de reconexão com a sociedade. Além dos acertos, certamente cometemos equívocos", apontou.


PUBLICIDADE

WEBTV

PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS