Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Jornal NH, 99 - Bairro Ideal - Novo Hamburgo/RS - CEP: 93334-350
Fones: (51) 3065.4000 (51) 3594.0444 - Fax: (51) 3594.0448

PUBLICIDADE
Arte

Festival de Artistas de Rua chega em outubro a Novo Hamburgo

Evento tem sua terceira edição no Estado e vem pela primeira vez ao Município, com música, dança e teatro no Parcão

Divulgação
Corujazz anima o evento com muita música
As ruas de Novo Hamburgo vão ficar mais animadas no primeiro domingo de outubro. Em sua terceira edição no Estado, o Festival de Artistas de Rua chega pela primeira vez ao Município, integrando a programação, que inclui oficinas, debates, competições e, como era de se esperar, apresentações em espaços públicos. O evento chega à cidade em uma parceria da produção do festival com artistas locais e capitaneado pelos grupos que compõem a Casa da Praça.

Além de participar pela primeira vez do evento, que segue até 8 de outubro, Novo Hamburgo também sediará a abertura do festival, com atividades que serão realizadas no Parcão. No Município, o evento tem produção de Ben Hur Pereira, do Circo Petit Poa, do jornalista Kauê Mallmann e Paulo Sturmer, do Circo de Bolso. “Novo Hamburgo tem se mostrado como um espaço muito propício para o artista de rua, principalmente com o trem. O grande legado que o festival traz para o Município é aproximar a população do artista”, comenta Ben Hur.


Até o momento, a previsão é de que 25 artistas participem, com ao menos oito espetáculos. “Vamos ter diversas apresentações circenses, de música e dança, além da presença do pessoal da Casa da Praça, que vai recepcionar a população que participar. O evento segue do meio-dia às 18 horas e, depois, tem um happy hour na Praça Heitor Villa-Lobos, que segue até as 22 horas”, explica, destacando que, semana passada, a produção esteve reunida com a Secretaria de Cultura, que traz o apoio institucional ao evento. “É importante lembrar que o evento não tem custo ao espectador e é feito com recursos próprios e de apoiadores, com o chapéu para colaborações espontâneas que serão repassadas diretamente aos artistas.”

Entre as atrações presentes no evento, a produção do festival confirma a Família do Circo (espetáculo de palhaços de rua), Corujazz (banda de jazz e blues), Manouce Manolo (banda de jazz cigano), Caixas de Teatro Lambe-Lambe da Entrelinhas e o espetáculo circense Caravana Belessa.

De acordo com Ben Hur, que faz parte da caravana, o espetáculo foi apresentado também na abertura do Parcão, o que faz o seu retorno durante o festival ter ainda mais importância. “Nos apresentamos com a Caravana Belessa e foi uma amostra de que o espaço renovado está pronto para receber essas atividades”, comenta. Os treinos livres para o festival ocorrem toda quinta, às 17 horas, na Casa da Praça.


PUBLICIDADE

WEBTV

PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS