Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Jornal NH, 99 - Bairro Ideal - Novo Hamburgo/RS - CEP: 93334-350
Fones: (51) 3065.4000 (51) 3594.0444 - Fax: (51) 3594.0448

PUBLICIDADE
Opinião do Repórter

Ficar a Pátria livre, ou morrer pelo Brasil

Leia opinião de Claucia Ferreira

Hoje é 7 de Setembro. É a data que marca a Independência do Brasil. No passado, conseguimos nos libertar da opressão de Portugal, mas atualmente somos reféns da corrupção. O mar de lama, que cresce a cada dia, está exterminando com o orgulho de ser brasileiro. O Brasil, verde e amarelo, do azul anil, já não é mais o mesmo. As estrelas da Bandeira Nacional (que representam os Estados) não estão mais brilhantes, e a nação brasileira pede socorro. Atualmente, os brasileiros carecem de um Dom Pedro, que proclame a independência contra os corruptos. Quem será este, que nos libertará de nossas aflições?

Os anos se passaram, o Brasil experimentou muitas formas de governo, e, por fim, chegou a uma democracia, no qual o povo escolhe seus representantes, por meio do voto. Mas que representantes são estes? Que pensam em si e somente em si? É tempo de mudar, de ter esperança, de não deixar se abater. Como diz o Hino da Independência “Não temais ímpias falanges, Que apresentam face hostil, Vossos peitos, Vossos braços, São muralhas do Brasil.”

Que hoje, durante as comemorações cívicas, possamos refletir sobre o que queremos daqui para frente, sem utopia. Que as ações contra a corrupção não fiquem no papel. Que haja mudanças concretas para que possamos voltar a bater no peito e dizer com orgulho que somos “Brava gente brasileira! Longe vá temor servil, Ou ficar a Pátria livre, Ou morrer pelo Brasil, Ou ficar a Pátria livre, Ou morrer pelo Brasil!”


PUBLICIDADE

WEBTV

PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS