Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Jornal NH, 99 - Bairro Ideal - Novo Hamburgo/RS - CEP: 93334-350
Fones: (51) 3065.4000 (51) 3594.0444 - Fax: (51) 3594.0448

PUBLICIDADE
Angela Maieski

O mala da família LaDina Bra Zil

Leia artigo de Angela Maieski

Angela Maieski - newAngela Maieski é professora

amaieski@sinos.net

Toda família tem aquele mala sem alça que ninguém aguenta. Mala já é difícil de carregar e sem alça é infinitamente pior. Nós, acionistas da grande empresa Impostos&Impostos, carregamos muitas malas, sendo que as últimas cinco encontradas eram acompanhadas de mais seis caixas, repletas de notas de cinquenta e cem reais. Haja mão para carregar tanta mala sem alça. O “mala” da vez detinha altos cargos na empresa e, com certeza, estava fazendo uma boa ação, o povo, composto de acionistas, grandes colaboradores da empresa, como sempre entendem mal a situação. Provavelmente as notas estavam aguardando a lavagem para voltarem limpas e perfumadas para as mãos de quem de direito. Limpeza é fundamental, então seja dado um voto de louvor para quem, com tanto esmero, não só se encarregou de ser “mala” e ainda cuidar para que ficassem acondicionadas até poder voltar a circulação.

Prender um “mala”, conforme alegado por seu advogado, foi um erro da Justiça Federal. A explicação é simples e lógica, conforme exposto acima, além do mais, o “mala” não confia nas instituições bancárias do País para guardar suas notinhas por experiência própria. Enquanto isso, os acionistas carregam os azares de ter tantos“malas” desfalcando os cofres e em consequência, exigindo mais e maiores contribuições para manter o ritmo dos saques.



PUBLICIDADE

WEBTV

PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS