Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Jornal NH, 99 - Bairro Ideal - Novo Hamburgo/RS - CEP: 93334-350
Fones: (51) 3065.4000 (51) 3594.0444 - Fax: (51) 3594.0448

PUBLICIDADE
Em depoimento a Moro

Lula diz que ficou preocupado com delação de Palocci

Ex-presidente diz que há caça às bruxas e que ex-ministro o acusa de ilícitos para deixar a prisão

AFP
Depoimento de Lula a Moro durou cerca de duas horas

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse em depoimento ao juiz Sergio Moro nesta quarta-feira que ficou preocupado com a confirmação de que o ex-ministro Antonio Palocci faria um acordo de delação. O temor existiu, segundo o petista, porque ele entende ser o alvo de uma caça às bruxas. Lula ainda sugeriu que Palocci o acusa de ilícitos para deixar a prisão.

"Só quero dizer que há uma caça às bruxas e, então, eu fiquei muito preocupado com a delação do Palocci porque ele poderia ter falado eu fiz isso ou aquilo de errado... Ele espertamente disse 'não é que sou santo' e pau no Lula. 'Não é que eu sou santo' é um jeito de você conquistar veracidade na sua frase. Eu fiquei com pena disso", afirmou Lula, em suas considerações finais à Justiça Federal em Curitiba.

O depoimento é uma investigação relativa ao terreno que serviria ao novo Instituto Lula e também referente ao apartamento de cobertura usada pelo ex-presidente em São Bernardo do Campo.

Ainda sobre o ex-ministro, Lula disse que não sente raiva e disse que Palocci acusa terceiros para ganhar a liberdade.

"Muita gente achou que ia chegar aqui com raiva do Palocci. Eu achei que o Palocci está preso há mais de um ano, ele tem o direito de querer ser livre, de ficar com um pouco do dinheiro que ele ganhou fazendo palestras. Ele tem família. Tudo isso eu acho. O que não pode é, se você não quer assumir a tua responsabilidade pelos fatos ilícitos que você fez, não jogue em cima dos outros", disse.


PUBLICIDADE

WEBTV

PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS