Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Jornal NH, 99 - Bairro Ideal - Novo Hamburgo/RS - CEP: 93334-350
Fones: (51) 3065.4000 (51) 3594.0444 - Fax: (51) 3594.0448

PUBLICIDADE
Motores
Motores

Hilux Challenge 2018 é lançada por R$ 161,99 mil

Nova configuração da picape Toyota substitui a SR Diesel
26/10/2017 10:26 26/10/2017 10:42

Hilux e SW4 ganham cinco novas versões na linha 2018. A picape é a que traz o maior número de novas configurações: três ao todo, com destaque para a série especial SR Challenge, que substitui a SR diesel e traz tração 4x4, câmbio automático de seis velocidades e motor diesel 2.8. Além disso, passa a contar com a SR 4x2 com câmbio manual de cinco velocidades e duas versões destinadas exclusivamente a vendas diretas: a diesel 4x4 Narrow cabine dupla com câmbio manual de seis velocidades – assim como o SW4 SR diesel 4x4 automático de cinco lugares. O SW4 também ganha o pacote SRV de sete lugares automático com motor flex 2.7.

Com isso, agora a picape totaliza 11 versões, sendo quatro com motor flex e sete a diesel. Já o SUV médio SW4 amplia oferta para até sete versões, das quais quatro movidas a gasolina/álcool e três a diesel. Faróis de neblina dianteiros em LED passam a ser item de série nas versões topo SRX para Hilux e SW4. No caso do utilitário, a SRX conta, ainda, com ajuste elétrico no assento do passageiro, priorizando o conforto a bordo. A linha 2018 da Hilux e SW4 estará disponível na rede de concessionárias da marca em todo o Brasil a partir de 26 de outubro, a preços que variam de R$ 108,99 mil a R$ 193,27 mil para a Hilux e R$ 152,09 mil a R$ 252,79 mil para a SW4.

Rodas e lanternas escurecidas


Baseada na versão SR diesel, a SR Challenge ganha um pacote estético que lhe garante um ar de esportividade: rodas em liga-leve aro 17” na cor preta, protetor de para-choques, faróis dianteiros com máscara negra, lanternas traseiras escurecidas, adesivos na lateral e traseira da caçamba com logo Hilux Challenge, adesivos nas portas com logomarca Toyota e santo-antônio Hilux Challenge. Grade do radiador, maçanetas e estribo lateral tubular também são na cor preta. A versão está disponível apenas nas cores branco polar e vermelho metálico.

Detalhes internos


O interior tem costuras vermelhas, painel com detalhes pretos e vermelhos e tapetes Hilux Challenge. De série, vem com itens como vidros com dispositivo antiesmagamento e função um-toque para subida e descida, travas e retrovisores elétricos, volante com funções de áudio, telefone e comandos de voz e display de múltiplas funções em tela preto e branco. O multimídia com tela touchscreen de 7” conta com DVD, MP3, entrada auxiliar de vídeo e seis alto-falantes, fornecendo informações de consumo de combustível e da câmera de ré.

Motores flex e diesel

Tanto Hilux quanto SW4 seguem equipados com opções de motor diesel e flex:


No diesel, 177 cv

O Toyota 1GD 2.8 de quatro cilindros em linha 16V, DOHC com corrente de distribuição tem turbocompressor de geometria variável (TGV), intercooler e sistema de injeção eletrônica direta common rail. Esta evolução melhorou o nível de consumo de combustível em cerca de 11% em comparação com a geração anterior, como também o desempenho, entregando 177 cv de potência a 3.400 rpm, e 45,9 kgfm, entre 1.600 e 2.400 rpm.


No flex, 163 cv

A motorização Dual VVT-i Flex 2.7 16V DOHC foi especialmente projetada para o mercado brasileiro. O grande destaque é a tecnologia de duplo comando de válvulas variável (Dual VVT-i), que atua no gerenciamento dos sistemas de admissão e escape da câmara de combustão, otimizando a queima do combustível de maneira inteligente, além da adição do sistema de partida a frio, eliminando a necessidade do subtanque auxiliar, refletindo em melhor desempenho. Outro aprimoramento é seu ganho de 7% em eficiência de consumo. As versões flex da picape média e do SUV apresentam 163 cv de potência a 5.000 rpm quando abastecidos com etanol e 159 cv, também a 5.000 giros, com gasolina. O torque máximo é de 25 kgfm (com álcool e gasolina), sempre a 4.000 rpm.

OS PREÇOS DA PICAPE


SR 4x2 manual flex cabine dupla: R$ 108,99 mil 

SR 4x2 automática flex cabine dupla: R$ 115 mil

SRV 4x2 automática flex cabine dupla:R$ 124,38 mil 

SRV 4x4 automática flex cabine dupla: R$ 135,09 mil 

Chassi 4x4 manual diesel cabine simples: R$ 119,55 mil 

Cabine 4x4 manual diesel: R$ 123,52 mil

STD 4x4 manual diesel Narrow cabine dupla: R$ 135,78 mil

STD 4x4 manual diesel cabine dupla: R$ 136,28 mil 

SR Challenge 4x4 automática diesel cabine dupla: R$ 161,99 mil

SRV 4x4 automática diesel cabine dupla: R$ 171,26 mil 

SRX 4x4 automática diesel cabine dupla: R$ 193,27 mil 

Fonte: Toyota


Jornal NH

Motores

por Adair Santos
abcmotores@gruposinos.com.br

Gasolina na veia - O tricampeão de Fórmula 1 Nelson Piquet sempre alardeava que nas suas veias não corria hemoglobina, e sim gasolina. Uma anomalia genética que atinge milhões de pessoas no mundo e, pelo jeito, não tem cura. Jornalista há 15 anos, Adair Santos é um desses anormais que literalmente respiram tudo que diz respeito a veículos. Editor do caderno Motores, que circula semanalmente às quartas-feiras no Jornal NH, Jornal VS e Diário de Canoas, é apaixonado por carros, motos e aviões - ou seja, tudo o que tem motor, exceto a maquininha de obturação do dentista. Motores invade a rede - Os carros recém-lançados, aqueles protótipos bizarros que talvez nunca cheguem às ruas, dicas úteis sobre veículos e testes exclusivos. Além da versão impressa, que circula semanalmente às quartas-feiras no Jornal NH, Jornal VS e Diário de Canoas, agora as notícias sobre veículos contam com este importantíssimo espaço virtual para serem divulgadas. Não deixe de participar mandando sugestões e, quem sabe, até um flagrante fotográfico de um veículo que ainda está em fase de testes e futuramente vai ser fabricado no Brasil. Eu e minha máquina - Se você tem orgulho da sua máquina, seja ela um carro antigo ou novo, motocicleta, um triciclo ou até bicicleta, envie sua foto. Junto, informe seu nome completo e idade, cidade onde reside, telefone para contato, marca, modelo, ano de fabricação do veículo e desde quando tem ele na garagem. Mas atenção: não vale mandar só a foto do carro ou moto, você também tem que aparecer na imagem. Então, mãos à obra: passe uma cera na lataria, um gel no cabelo e faça o registro fotográfico.

PUBLICIDADE

WEBTV

PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS