Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Jornal NH, 99 - Bairro Ideal - Novo Hamburgo/RS - CEP: 93334-350
Fones: (51) 3065.4000 (51) 3594.0444 - Fax: (51) 3594.0448

PUBLICIDADE
Kensington

Atropelamento em Londres não é tratado como terrorismo

Um homem foi preso após o incidente; polícia não confirma terrorismo
07/10/2017 15:19 07/10/2017 15:41

  • Policiais atendem feridos depois que que um homem atropelou e feriu vários pedestres sobre a calçada próximo ao Museu de História Natural de Londres
    Foto: Tolga Akmen/AFP
  • Museu de História Natural de Londres é isolado depois que um homem atropelou e feriu vários pedestres sobre a calçada
    Foto: Tolga Akmen/AFP
  • Pessoas aguardam na escadaria do Museu de História Natural de Londres, depois que um homem atropelou e feriu vários pedestres sobre a calçada
    Foto: Tolga Akmen/AFP
  • Homem atropelou vários pedestres em área turística de Londres, onde ficam o Museu de História Natural e o Museu Victoria and Albert
    Foto: Tolga Akmen/AFP
  • Pedestres são atropelados sobre a calçada próximo ao Museu de História Natural de Londres; polícia investiga atentado
    Foto: Tolga Akmen/AFP
  • Pedestres ficaram feridos em atropelamento próximo ao Museu de História Natural de Londres; um homem foi preso
    Foto: Tolga Akmen/AFP

O atropelamento que deixou 11 feridos neste sábado (7), perto de um museu de Londres, foi um acidente e não é tratado como "incidente ligado ao terrorismo", indicou a Scotland Yard no Twitter.

As pessoas ficaram feridas ao serem atingidas por um veículo perto do Museu de História Nacional de Londres, em um bairro turístico da capital, informou a Scotland Yard, que prendeu um homem. "Nós socorremos onze pacientes, a maioria com ferimentos na cabeça e nas pernas. Nove precisaram ser hospitalizados", indicou o London Ambulance Service no Twitter.

Agentes da polícia foram enviados ao local do atropelamento às 14h21 (10h21 de Brasília).

Um porta-voz do museu confirmou que um veículo havia atropelado pedestres, enquanto o serviço de ambulâncias da cidade indicou no Twitter estar intervindo no local.

Imagens que circulam no Twitter mostram um homem, vestido com camisa azul, sendo contido por outras pessoas perto de um veículo acidentado.

Em outras fotos, é possível ver com clareza um carro preto, perpendicularmente entre dois veículos estacionados ao londo da calçada.

Uma testemunha, Leonard, relatou à AFP cenas de pânico. "Eu estava perto da estação de metrô de South Kensington, onde havia muitos policiais. E, de repente, um policial gritou para a multidão correr, e todos saíram em pânico, muitas pessoas gritando", disse ele.

"Estávamos almoçando quando vimos policiais armado", afirmou Ana, uma londrina de 30 anos. "E então vimos pessoas em pânico que corriam", acrescentou.

Um repórter da AFP também viu grupos de pessoas correndo em diferentes direções e muitos gritos. 

Em Downing Street, a primeira-ministra Theresa May foi informada sobre o caso, segundo seu serviço de imprensa.

Este incidente ocorre num contexto de ameaça terrorista no Reino Unido após uma onda de ataques reivindicados pelo grupo Estado Islâmico nos últimos meses no país.

Em meados de setembro, um atentado, o quinto em seis meses no Reino Unido, visou uma estação do metrô londrino, fazendo 30 feridos.





Jornal NH
PUBLICIDADE

WEBTV

PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS