Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Jornal NH, 99 - Bairro Ideal - Novo Hamburgo/RS - CEP: 93334-350
Fones: (51) 3065.4000 (51) 3594.0444 - Fax: (51) 3594.0448

PUBLICIDADE
Viver com saúde

Conheça o Life Up: programa que previne doenças

App, aplicado em aulas piloto em clínica de fisioterapia, busca acompanhar a realidade de cada participante
09/10/2017 07:24

Três moradoras de Canoas, todas aposentadas, participam de um programa que previne doenças e melhora hábitos e estilo de vida. Tudo está reunido em uma plataforma chamada Life Up, desenvolvida pelo médico Gabriel Xavier Marantes. Mercedes Carbonera, 60 anos, Ione Lima, 53, e Carmen Dotto, 59, que tinham problemas de saúde, passaram por uma avaliação de hábitos e riscos e agora praticam exercícios fisiátricos, cujo foco é a saúde em geral, articulações e músculos, incluindo relaxamento, equilíbrio e coordenação. Nas aulas, ministradas pela educadora física, Tatiane Queiroz, as informações das alunas estão reunidas no software. Por isso, o tablet é companheiro fiel durante aula.

Marantes diz que o software oferece ao paciente todas informações relevantes de sua saúde e como se proteger de doenças. "Permite ao médico avaliar a rotina de seu paciente e calcular riscos para sua saúde, além de integrar o acompanhamento médico com o da nutricionista e do educador físico para melhorar o entrosamento da equipe", comenta.
O educador físico está com o tablet em aula e ao conferir o nome de cada um já sabe quais os riscos médicos daquela pessoa, a prescrição de exercícios que o médico fez, os cuidados que ele precisa ter, enfim não dar chance ao imprevisto. O mesmo se aplica ao nutricionista.

EXERCÍCIOS 

Conforme Marantes, exercícios físicos funcionam de forma específica para o que são voltados. "A maior parte dos exercícios disponíveis no nosso meio são voltados para estética ou performance. Um exercício com foco em saúde precisa ir além do reforço de músculos com aparência vistosa, abordando também músculos que protegem articulações frequentemente acometidas por doenças ou lesões", diz.

Ele salienta que se deve valorizar alongamentos que compensem posturas do dia a dia, caso tenha uma quantidade de exercícios aeróbicos que seja o suficiente para diminuir os riscos de doença como diabetes e infarto, mas em uma dose compatível com estes riscos e quadro clínico de cada um. "Mais impacto pode ser positivo para um paciente com osteoporose e negativo para um paciente com osteoartrite", exemplifica.

Susi Mello/GES-Especial
Lifeup

Alerta antecipado

A educadora física, Tatiane Queiroz, diz que o software Life Up é importante na aplicação de exercícios. "É possível ver a necessidade de cada paciente e suas limitações. Normalmente em uma academia há alunos que âs vezes avisam dos problemas e outras vezes não", conta.

Tatiane comenta que ela tem acesso a avaliação física do paciente, com antopometria (medidas do corpo), medição de força e demais avaliações médicas. Mercedes e Carmen, por exemplo, têm problemas na coluna, enquanto que Ione sofre da síndrome que provoca dores pelo corpo, a fibromialgia, além de desgaste de coluna decorrente de uma vida sedentária. As três são unânimes que estão melhorando e não pensam em parar em seguir o programa." "Aprendi que tem que ser contínuo. Tem que estar sempre fazendo", diz Carmen. Mercedes acrescenta que os exercícios provocam fortalecimento muscular, o que é fundamental para ter uma vida longa e saudável. E Ione relata que tudo exige determinação.



Jornal NH
PUBLICIDADE

WEBTV

PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS