Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Jornal NH, 99 - Bairro Ideal - Novo Hamburgo/RS - CEP: 93334-350
Fones: (51) 3065.4000 (51) 3594.0444 - Fax: (51) 3594.0448

PUBLICIDADE
Flávio Fischer

Faça alguma coisa com o estresse

"É hora de retomarmos o controle do nosso tempo. É preciso uma cabeça fresca e leve pra lidar com o mundo moderno"
03/12/2017 06:20

Flávio FischerFlávio Fischer é tabelião e presidente da Fundação Semear
flavio@fischer.not.br

A vida agitada do mundo moderno mostra o quanto avançamos em muitas coisas, como por exemplo os avanços na área de saúde, comunicação e tecnologia da informação. Tudo isso é fabuloso! No entanto, como tudo no mundo requer equilíbrio, esse avanço pode cobrar um preço alto para quem não sabe reconhecer seus limites. O mundo está se tornando cada vez mais dinâmico e mais ágil. As informações chegam de qualquer parte do mundo em questão de segundos e nossas mentes estão sofrendo uma overdose de estímulos de todos os lados. São raras as pessoas hoje que não enfrentam trânsito para trabalhar, que não precisam sair do conforto de suas casas para executar seu trabalho e que não têm uma dezena de grupos de diversos interesses no WhatsApp.

Estou falando do estresse que se tornou as nossas vidas com tantos prazos, informações, expectativas e autoexigência. E agora, com a chegada do final do ano, parece que entramos numa grande correnteza de água escoando por um ralo e ficamos ali girando todos juntos e sem controle, esperando que o ano vire, como se alguma coisa fosse mudar após o réveillon.

Por mais que a tecnologia venha como aliada e facilitadora de muita coisa, a correria cotidiana acaba nos tirando dos eixos e nos jogando nesse vazio, que deixa tantas pessoas insatisfeitas com tudo. Temos horário pra tudo, agenda pra cumprir, contas pra pagar, sonhos a alcançar e vivemos conectados com o que seremos e teremos no futuro – quando seremos felizes. Como não somos feitos de aço, uma hora, a gente dá uma surtada.

É hora de retomarmos o controle do nosso tempo, que nada mais é que a nossa vida. É preciso uma cabeça fresca e leve pra lidar com o mundo moderno, sair do escoando pela pia e se agarrar naquilo que somos como pessoas, aqui e agora. Esse é o nosso tempo. Temos que retomar essa consciência que o estresse não nos permite ver. Sob estresse tudo fica sem gosto. Cobre menos de você, seja humilde pra reconhecer o seu limite. Aceite-se. Porque quando nos cobramos demais gastamos mais energia do que deveríamos naquela tensão de “tenho que isso” e “tenho que aquilo” – vivemos no vazio. Ninguém “tem que” nada. A gente faz o que pode, o que consegue, e quando dá pra fazer.

Convido você a entrar nessa época maravilhosa que é de festas e união em família e torna-la um momento de renascimento para você – não de mais estresse e gastos para suprir o vazio da sua própria presença. Respire profundamente, coloque o seu mental em coisas agradáveis, coisas que te deixam feliz. Tenho certeza de que você vai gostar dos resultados e viver um último bimestre bem mais feliz.


Jornal NH
PUBLICIDADE

WEBTV

PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS