Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Jornal NH, 99 - Bairro Ideal - Novo Hamburgo/RS - CEP: 93334-350
Fones: (51) 3065.4000 (51) 3594.0444 - Fax: (51) 3594.0448

PUBLICIDADE
Economia

Reforma da Previdência será aprovada ''com toda a certeza'', diz Temer

Presidente reconheceu, na semana passada, possibilidade de projeto ser rejeitado
13/11/2017 20:48 13/11/2017 20:48

Uma semana depois de sinalizar que a reforma da Previdência poderia ser rejeitada pelo Congresso, o presidente Michel Temer garantiu que ela será aprovada. Em evento no Palácio do Planalto nesta segunda-feira, minutos antes de o tucano Bruno Araújo se demitir do ministério das Cidades, Temer comparou o país a uma casa em reformas, que tem reclamações durante as obras mas depois receberá aplausos de "todos". "Quem sabe ainda este ano... Quem sabe, não. Com toda a certeza" tentou consertar Temer quando falava da aprovação da reforma da Previdência.

Na última segunda-feira (6), ele havia reconhecido que a reforma, travada na Câmara há seis meses, poderia ser recusada pelos parlamentares. Agora, o governo busca desidratar a proposta, com vistas a torná-la mais palatável, principalmente a menos de um ano das eleições gerais. Uma das alternativas estudadas é restringir a reforma à fixação de idade mínima para aposentadoria e ao "corte de privilégios" do funcionalismo públicos, ainda de modo genérico. 

O presidente comparou o país a uma casa em obras, que pode estar "feia" e "suja" e receber queixas, mas que depois ficará um "brinco". Ele voltou a falar que quer "cortar privilégios" e "desmentir" supostas informações falsas contrárias ao governo nessa proposta.

"Toda vez que você vai fazer reforma, a casa fica feia, tem problema, suja, areia. Quando você termina a reforma da casa, a casa está um brinco, está uma maravilha, está bonita, adequada, agradável, confortável. E durante a reforma da casa, muita gente reclama. O vizinho reclama que tem poeira, a mulher reclama, porque, afinal, problemas internos... os filhos, porque o quarto de brinquedos ficou com dificuldades. Reforma é assim. E vejam que no Brasil, as reformas que fizemos no Brasil, é a mesma coisa", declarou, em um evento do Cartão Reforma, do ministério das Cidades. "A casa vai ficar barulhenta, com reclamação, mas vamos levar adiante. E quando a casa estiver pronta, todos irão aplaudir. Não tenho a menor dúvida deste fato" emendou.


Jornal NH
PUBLICIDADE

WEBTV

PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS