Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Jornal NH, 99 - Bairro Ideal - Novo Hamburgo/RS - CEP: 93334-350
Fones: (51) 3065.4000 (51) 3594.0444 - Fax: (51) 3594.0448

PUBLICIDADE
É o cara!

Ivandro é campeão mundial de Downhill em Teutônia

Skatista levou a melhor na competição na categoria Master
07/12/2017 20:48 07/12/2017 21:29

Inézio Machado/GES
Ivandro da Silveira ficou com o título mundial
Novo Hamburgo comemora mais um título de extrema importância para o esporte da região. Ivandro da Silveira, de 46 anos, conquistou no dia 26 de novembro o Campeonato Mundial de skate Downhill, que foi sediado na tradicional ladeira de Teutônia, no interior do Estado, e contou com um público de cerca de 3 mil pessoas. A prova que garantiu o título de “King of Teutônia” para o skatista hamburguense foi organizada pela International Gravity Sports Association (IGSA) e Ivandro levou o título na categoria Master, onde haviam 30 competidores. Participaram da prova 139 atletas de 12 paises e 5 continentes, que puderam levar para casa a experiência de terem encarado uma das ladeiras mais sinistras do mundo.

“É o maior prêmio que já conquistei, com certeza. Mais que o Brasileiro que já venci... A ladeira tem uma história, é a mais perigosa, a mais temida do mundo. Muita gente vem, chega na hora e não desce. Teve uma menina que veio do Canadá até aqui e só assistiu o campeonato, não teve coragem de descer”, disse o hamburguense, que descreveu a ultrapassagem que garantiu o título.

“Eu não tinha o melhor tempo, vinha como segundo. Andei com caras de 40 anos, e tenho 46. Na final entrei em segundo na curva, aí o cara que estava na minha frente deu uma balançada, percebi, me aproximei e peguei o vácuo. A gente estava a uns 130 km/h. Vi que acabou o vento, escolhi o lado para passar e fui. Ele olhou para o lado e a gente meio que se tocou, pensei que ia cair, mas a rodinha segurou...Nunca balancei daquele jeito e não cai. Quando passei segurei bastante ainda, mas cruzei a linha de chegada em primeiro e não tinha ninguém na foto”, comemorou.

Novo formato

Este ano a prova em Teutônia apresentou um novo formato, que consiste em drops com 4 atletas, tornando a disputa ainda mais perigosa do que nas outras 12 edições anteriores. “Todos os anos foi feita no formato homem a homem. O vencedor passava e o perdedor caia fora. Nesta edição foram quatro competidores andando juntos, dobrou o perigo. O primeiro e o segundo passam e o terceiro e quarto caem fora. Foi espetacular”, completou Ivandro.


Jornal NH
PUBLICIDADE

WEBTV

PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS