Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Jornal NH, 99 - Bairro Ideal - Novo Hamburgo/RS - CEP: 93334-350
Fones: (51) 3065.4000 (51) 3594.0444 - Fax: (51) 3594.0448

PUBLICIDADE
Solução?

Prédio abandonado no Vila Rosa foi vendido e deve ser cercado até o final do ano

Até o fim do ano, devem ser colocados cerca elétrica e alarmes
06/12/2017 18:11 06/12/2017 18:43

NH/NH/Reprodução
Local costuma ser invadido por usuários de drogas, moradores de rua e suspeitos
O drama vivido pelos moradores do bairro Vila Rosa, vizinhos do prédio inacabado que fica na esquina das ruas Magalhães Calvet e Cristóvão Colombo, pode estar próximo de chegar ao fim. Há um mês, o prédio foi comprado por dois investidores de fora da cidade e a situação de abandono, que já dura pelo menos 22 anos, deve virar um pesadelo do passado. Segundo o corretor imobiliário que intermediou a transação e prefere não se identificar, a primeira providência a ser tomada pelos novos donos é o cercamento do local. “Será colocada cerca elétrica e religada a energia elétrica, para instalação de alarme e, assim, evitar invasões. Isso será logo, antes do final do ano”, garante.

Conforme o empresário que foi contratado para fazer o serviço, no prazo entre 10 e 15 dias haverá luz no prédio, permitindo que seja iniciada a instalação de 140 metros de cerca. Também haverá monitoramento eletrônico nas duas vias públicas. De acordo com o corretor, a ideia dos novos proprietários é limpar o local, que está completamente pichado e com muito lixo espalhado ao longo de todos os andares, e encontrar um investidor para concluir o empreendimento. Para o profissional, que, na época de lançamento do imóvel, vendeu algumas unidades, a situação de abandono, insegurança e acúmulo de lixo causava incômodo. “Eu quero ver a cidade bonita e esse prédio está muito feio”, declara.

Juarez Machado/GES
Prédio está abandonado há 22 anos
SAIBA MAIS

O prédio tem 16 apartamentos de 150 metros quadrados, sendo dois por andar, além de duas coberturas. A construção ainda conta com dois duplex, considerado um projeto de alto padrão. O edifício está abandonado há mais de duas décadas. A propriedade do imóvel era discutida desde 2003 no Supremo Tribunal de Federal (STF). Uma construtora comprou o terreno e, em parceria com outra empresa, vendeu os apartamentos, mas a obra foi hipotecada junto a um banco para captar recursos. Como a dívida não foi paga, o banco se tornou o credor hipotecário do prédio e os condôminos que compraram apartamentos ficaram sem receber imóvel nenhum. A situação foi discutida na Justiça por banco e condôminos até este ano.


Jornal NH
PUBLICIDADE

WEBTV

PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS