Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Jornal NH, 99 - Bairro Ideal - Novo Hamburgo/RS - CEP: 93334-350
Fones: (51) 3065.4000 (51) 3594.0444 - Fax: (51) 3594.0448

Anilado

Um bate-papo com o volante Diogo Oliveira, campeão brasileiro no Fluminense

Jogador busca a retomada na carreira no campeão gaúcho
03/01/2018 21:17 03/01/2018 21:20

Uma das principais contratações do Novo Hamburgo para esta temporada é o volante paranaense Diogo Oliveira. Campeão brasileiro com o Fluminense em 2010, o experiente jogador, de 31 anos, veio com credenciais que animam os torcedores, pois tem passagens ainda por Figueirense, Sport e Grêmio. Qualidade na saída de bola e finalização de fora da área são alguns dos seus pontos fortes. Para falar da chegada ao Noia e da carreira, o volante concedeu uma entrevista exclusiva ao Jornal NH.

Inézio Machado/GES
Diogo Oliveira pode atuar como primeiro ou segundo volante, dando opção ao técnico Beto Campos
ENTREVISTA

A oportunidade de jogar no atual campeão gaúcho foi o que mais lhe chamou a atenção para fechar com o Noia?
Com certeza. O Novo Hamburgo vem com o símbolo de ser o atual campeão gaúcho. A gente respeita todos os outros times, mas sabemos da nossa responsabilidade no campeonato. Nossa torcida vai cobrar muito o desempenho, no mínimo igual ao do ano passado.

Qual a tua avaliação da pré-temporada e os três amistosos feitos até agora frente ao Avenida e Veranópolis (equipes que disputam o Gauchão)?
Foram muito importantes esses amistosos. Pegamos equipes que vão disputar o campeonato e vão fazer frente. Não vai ter nenhuma equipe boba no campeonato, os jogos que tivemos, empatamos dois e ganhamos um. Será muito equilibrado, uma bola parada, e todos os treinadores estudando muito as equipes. Isso faz com que o Gauchão seja muito disputado.

Com toda sua experiência de campeão brasileiro com o Fluminense, como está sendo o trabalho com o técnico Beto Campos?
Muito bom. Não o conhecia pessoalmente, apenas de jogar contra. Tive boas referências dele, e no dia a dia pude constatar que é um grande treinador, que deu certo aqui ano passado e espero que com a experiência dele e dos jogadores possamos repetir.

O que a torcida pode esperar do Diogo Oliveira em campo?
Por onde passei sempre deixei boas lembranças. Sou um jogador muito aguerrido, de grupo, que não desiste. Todos os times que passei joguei 90% dos jogos, e não me machuco facilmente. Chamo a responsabilidade dentro de campo, e acho que por isso o Noia veio atrás de mim.

Uma curiosidade na tua carreira é o fato de ter tido boas passagens por Figueirense e Fluminense, mas depois que voltou do futebol japonês (do Vegalta Sendai) passou por times de menor expressão (Inter de Lages-SC, Operário-PR, Juventus-SP, Linense-SP, URT-MG e Moto Club-MA). Qual o teu objetivo ao vir para o campeão gaúcho?
Foi um aprendizado para mim. Saí do Fluminense no auge da minha carreira, fui para o Sport com status que iria jogar, mas acabei não desenvolvendo o que a torcida esperava. No ano seguinte fui para o Japão e fiquei mais de um ano, e isso deu uma esfriada no futebol. Você fica longe e perde visibilidade e mercado. Perdi muito espaço e aos poucos estou reconquistando. Por isso vim aqui para o Noia, porque sei que vou fazer um bom campeonato e voltar para a Série A.

Esse ano tem Copa do Brasil e o primeiro adversário anilado é o Paysandu. O que você projeta para esse duelo?
Vai ser a terceira vez que disputo contra o Paysandu na Copa do Brasil. Já joguei quando estava no Figueirense (ganhou) e no Sport (perdeu). E agora vai ser o tira-teima para que eu possa sair em vantagem. É uma grande equipe e de tradição. Respeitamos, mas dentro de casa temos que fazer um bom papel e passar.


Jornal NH
PUBLICIDADE

WEBTV

Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS