Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Jornal NH, 99 - Bairro Ideal - Novo Hamburgo/RS - CEP: 93334-350
Fones: (51) 3065.4000 (51) 3594.0444 - Fax: (51) 3594.0448

PUBLICIDADE
Susto

Aeronave rebocada bate em avião estacionado na pista de aeroporto no Canadá

Havia mais de 170 pessoas a bordo do que foi atingido, mas ninguém se feriu
06/01/2018 11:33 06/01/2018 11:33

Connie Carson/Facebook/AFP
Avião com mais de 170 passageiros foi atingido por outro na pista
Um avião com 174 pessoas a bordo foi atingido na sexta-feira (5) à noite na pista do aeroporto Pearson de Toronto por uma aeronave que era rebocada e cuja fuselagem pegou fogo, indicaram as companhias e o aeroporto, sem informar feridos entre os passageiros. O Boeing B737 da canadense WestJet, parado com 168 passageiros e seis tripulantes, foi atingido por um avião da empresa de charter Sunwing, sem tripulação ou passageiros a bordo, que era rebocado. Este acidente é o segundo do tipo a ocorrer neste aeroporto em cinco meses. Um funcionário do serviço de emergência e combate ao incêndio precisou ser transferido para o hospital, segundo o aeroporto.

A aeronave da WestJet esperava na pista para poder desembarcar os turistas que retornavam de Cancún (nordeste do México), quando foi atingida pouco depois das 18h00 locais (21h00 de Brasília) pelo aparelho da Sunwing, que era rebocado pela empresa de serviço aeroportuário Swissport. Nas imagens postadas nas redes sociais por passageiros a bordo do avião da WestJet, a fuselagem da segunda aeronave aparece em chamas após a colisão.

"Os 168 passageiros e seis membros da tripulação estão bem e saíram ilesos" do avião, indicou a WestJet, a segunda maior companhia aérea do Canadá, em sua conta no Twitter. "Podemos confirmar que os passageiros estão seguros no terminal" no aeroporto, acrescentou a empresa. A maioria dos passageiros foi evacuada pelos tobogãs de segurança.

Os serviços de emergências foram imediatamente ao local do incidente para conter o incêndio, indicou o aeroporto Pearson. "Não havia tripulação ou passageiros da Sunwing a bordo no momento do incidente", afirmou a empresa de charter. De acordo com funcionários do aeroporto Pearson, os voos e o reabastecimento de alguns aviões no terminal 3 foram impactados por este incidente e "uma investigação está em andamento".

"No momento, as operações no aeroporto não foram significativamente afetadas por este incidente". A agência de segurança dos transportes anunciou em um comunicado o envio de uma equipe de investigadores para "reunir informações e avaliar o evento". Por volta das 21h00, "todos os passageiros da WestJet já estavam no aeroporto e realizavam os controles aduaneiros", garantiu o aeroporto Pearson, observando que as condições climáticas continuavam sendo a principal causa das perturbações aéreas na sexta à noite.

O frio polar que atinge o leste do Canadá há duas semanas tem causado muitos atrasos e cancelamentos de voos. O tempo estava claro na noite de sexta-feira em Toronto e o termômetro aproximava-se de -20 graus Celsius, de acordo com dados meteorológicos. Em agosto passado, uma colisão entre dois aviões já havia ocorrido na pista do mesmo aeroporto. A asa de um Boeing 767 da Air Canada, que se aproximava do estacionamento com 286 pessoas a bordo, atingiu a asa de um avião da empresa polonesa LOT. Ninguém se feriu. 


Jornal NH
PUBLICIDADE

WEBTV

PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS