Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Jornal NH, 99 - Bairro Ideal - Novo Hamburgo/RS - CEP: 93334-350
Fones: (51) 3065.4000 (51) 3594.0444 - Fax: (51) 3594.0448

PUBLICIDADE
Apenas 10% de ocupação

Estações do trem colecionam salas comerciais vazias em Novo Hamburgo

Conforme a Trensurb, a ocupação atual é condizente com o fluxo de usuários de cada estação
03/01/2018 05:00 03/01/2018 08:25

Das 47 salas comerciais construídas nas estações da Trensurb que ficam em Novo Hamburgo, apenas quatro estão ocupadas atualmente. O vazio dos espaços chama atenção de quem aguarda a chegada no trem na plataforma ou aguarda no guichê para comprar o bilhete. As quatro novas estações do Município estão em operação comercial desde maio de 2014. De lá para cá, foram poucos os investidores que se aventuraram a instalar um negócio nos locais. Atualmente, há lojas em funcionamento somente na Estação Novo Hamburgo, que fica ao lado do shopping. Já na Estação Industrial, por exemplo, as oito salas nunca foram ocupadas.

Conforme a assessoria de imprensa da Trensurb, a ocupação atual é condizente com o fluxo de usuários de cada estação. Entre São Leopoldo e Novo Hamburgo há sete estações, incluindo as estações mais antigas, Unisinos e São Leopoldo, com 109 pontos comerciais. Desses, 45 estão ocupados, o que representa 41%. A assessoria informa que as estações da expansão mais recente, Rio dos Sinos a Novo Hamburgo, foram projetadas para utilização plena em um cenário de 30 anos, visando o crescimento de usuários e consequentemente de espaços comercias.

Ainda de acordo com a assessoria, uma nova licitação deve ser lançada ainda no primeiro semestre deste ano, com o objetivo é ampliar o número de contratos e, consequentemente, a receita.

Débora Ertel/Débora Ertel/GES-Especial
Estações do Trensurb em Novo Hamburgo colecionam espaços comerciais vazios


Estação Novo Hamburgo

São 15 lojas, sendo que quatro estão ocupadas. Os usuários encontram duas lancherias, uma farmácia e uma loja de acessórios eletrônicos e celulares. Na plataforma, há um espaço onde funcionava outra lancheria, no entanto, foi fechada. A atendente de dos estabelecimentos, Fernanda Rotta, conta que também já funcionou na estação uma fruteira e uma esmalteria. “Para a gente que vende lanche, tem sempre movimento. Mas para outro tipo de negócio é mais complicado”, comenta.

Estação Fenac

Das seis salas, uma apenas já foi ocupada e comercializava lanches. São três espaços junto à plataforma e quatro no andar da bilheteria. Duas lojas vazias da plataforma estão pichadas.

Estação Industrial

É nesta estação que a sensação de deserto fica mais aparente. Inclusive, nas lojas junto à bilheteria, ainda estão dependurados cartazes anunciando pregão presencial do lote 3, com a data de 7 de abril de 2014. A pichação também faz parte do cenário das lojas junto à plataforma.

Estação Santo Afonso

O vandalismo é uma das marcas dos espaços destinados às lojas comerciais. Os espaço estão pichados e há buracos nas paredes, mostrando que aparentemente os estabelecimentos que operaram no local foram vítimas de arrombamentos. Na parte superior, são seis salas, sendo que três delas aparentemente já foram locadas. Uma inclusive, tem adesivos anunciando a venda de lanches. No andar inferior, os três espaços também já foram ocupados. Inclusive, havia uma loja de calçados, que ocupada duas salas.

Para lembrar

No dia 21 de março de 2014 a Trensurb lançou o edital de licitação para a permissão de uso de 42 lotes comerciais nas estações do metrô. A maioria dos lotes ofertados eram das estações Industrial, Fenac e Novo Hamburgo, que juntos somavam 30 espaços. Na época, a Gerência Comercial da Trensurb, a estimativa receber, no mínimo, R$ 51.590 por mês, caso todos os lotes comerciais fossem ocupados.

SAIBA MAIS

Em todas as 22 estações do metrô, no momento estão ocupados 112 espaços, num total de 242. Na métrica de área bruta locada, no entanto, são 5.686 metros quadrados locados de um total de 8.004 metros quadrados, o que representa 71% de ocupação.


Jornal NH
PUBLICIDADE

WEBTV

PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS