Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Jornal NH, 99 - Bairro Ideal - Novo Hamburgo/RS - CEP: 93334-350
Fones: (51) 3065.4000 (51) 3594.0444 - Fax: (51) 3594.0448

PUBLICIDADE
Litoral norte

Projeto está de olho na qualidade do Rio Tramandaí

Cidades do litoral norte são beneficiadas pela gestão dos recursos naturais
26/01/2018 10:42 26/01/2018 10:43

Divulgação/Divulgação/Divulgação
Rio Maquiné teve coleta para monitoramento
A contribuição para a qualificação da gestão dos recursos hídricos na Bacia Hidrográfica do Rio Tramandaí, conservando, portanto, a qualidade da água, são as metas dentro do Projeto Taramandahy. A terceira fase, que tem foco na água, teve início em novembro do ano passado e conta com ações integradas para a conservação das águas, solos e floresta, bem como o monitoramento da qualidade da água, o fortalecimento do Comitê de Gerenciamento, programa de educação ambiental regional e publicações técnicas.

Conservar e melhorar a qualidade da água são os principais pilares deste projeto que também visa reverter os processos de degradação ambiental. De acordo com o coordenador geral do projeto, Dilton de Castro, as equipes seguem monitorando a qualidade da água junto com o Centro de Estudos Costeiros, Limnológicos e Marinhos (Ceclimar), da Ufrgs. Nas primeiras etapas, os investimentos foram para recuperar o controle de erosão do Rio Maquiné e no reflorestamento. “Foram etapas bastante focadas na capacitação para a comunidade local”, reitera.

Das cidades contempladas nos estudos estão Arroio do Sal, Capão da Canoa, Cidreira, Tramandaí, Imbé, Osório, Torres, Xangri-Lá e, na serra, São Francisco de Paula. O Projeto é realizado pela Anama – Ação Nascente Maquiné, patrocinado pela Petrobras, por meio do Programa Petrobras Socioambiental e governo federal.

Os sete eixos das atividades do projeto

1. Monitoramento da qualidade da água
2. Programa de conservação integrada dos recursos hídricos, solo e floresta
3. Difusão de tecnologias sociais aplicadas no Centro de Referências Ambientais
4. Apoio à gestão territorial e ambiental das terras indígenas Mbyá Guarani
5. Apoio e qualificação do Comitê da Bacia
6. Educação e sensibilização ambiental, alimentar e nutricional
7. Mobilização e capacitação de agentes públicos da defesa civil

Qualidade das águas

Os trabalhos são para contribuir para a melhoria da qualidade das águas da região, tanto na erosão do solo que vai influenciar na disponibilidade de água como na qualidade. “A partir de uma iniciativa que respeita, vamos ter uma resposta do corpo hídrico da bacia. E quando capacitamos os agentes e auxiliamos as pessoas, aguardamos que os conflitos sejam mais fáceis de serem resolvidos.” Assim, as ações do projeto contribuirão para o melhoramento do saneamento básico, uma vez que a qualidade da água é ponto gatilho de um problema maior. “Não chega a 30% o tratamento da água no nosso litoral. Os outros 70% são uma fossa mal dimensionada. Essa é uma luta, onde desde 2010, tentarmos mudar esse cenário”, finaliza.

Projeção até 2020

Os trabalhos são para contribuir para a melhoria da qualidade das águas da região, tanto na erosão do solo que vai influenciar na disponibilidade de água como na qualidade. “A partir de uma iniciativa que respeita, vamos ter uma resposta do corpo hídrico da bacia. E quando capacitamos os agentes e auxiliamos as pessoas, aguardamos que os conflitos sejam mais fáceis de serem resolvidos.” Assim, as ações do projeto contribuirão para o melhoramento do saneamento básico, uma vez que a qualidade da água é ponto gatilho de um problema maior. “Não chega a 30% o tratamento da água no nosso litoral. Os outros 70% são uma fossa mal dimensionada. Essa é uma luta, onde desde 2010, tentarmos mudar esse cenário”, finaliza.


Jornal NH
PUBLICIDADE

WEBTV

PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS