Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Jornal NH, 99 - Bairro Ideal - Novo Hamburgo/RS - CEP: 93334-350
Fones: (51) 3065.4000 (51) 3594.0444 - Fax: (51) 3594.0448

PUBLICIDADE
Eventos

Rodeio e cavalgada celebram o tradicionalismo no litoral norte

Nesta quinta-feira começa 7º Rodeio do Distrito de Passinhos; no fim de semana ocorre a 34ª Cavalgada do Mar
01/02/2018 09:54 01/02/2018 09:57

Arquivo/GES-Especial
Edição passada da Cavalgada do Mar
Começa nesta quinta-feira (1º), e segue até domingo, o 7º Rodeio do Distrito de Passinhos, na sede campeira do Piquete de Laçadores Mathias Velho Pacheco. O acesso é pela RS-101, quilômetro 22, Estrada Osório-Capivari do Sul, no Distrito de Passinhos.

Segundo um dos organizadores do evento Fernando Alves, 32, são 35 mil reais em prêmios, divididos entre todas as modalidades. “Ano passado o rodeio de Osório foi considerado o terceiro maior do Estado, com quase 500 duplas inscritas. Nossa expectativa para este ano é que superemos esse número”, salienta.

Ele ressalta que as inscrições para as duplas seguem até sábado, às 17 horas. “As modalidades individuais começam já nesta quinta-feira”, pontua. Além das provas de laço, no sábado à noite ocorrerá ainda a gineteada.

As competições de laço estão divididas nas categorias Veterano (acima de 60 anos), vaqueano (acima de 70 anos), patrão da entidade, capataz campeiro, 4° rei do laço do Litoral Norte (final com boi mocho), taça Cabanha São Cristóvão (duplas), piá (até 12 anos), guri (12 a 14 anos), pai e filho (até 12 anos), irmão, sênior duplas (50 anos ou mais), taça Haras Porto Palmeira, prenda, 3ª rainha do laço do Litoral Norte (final com boi mocho), pai e filho (maior de 12 anos), duplas oficial, gineteada, prendinha (até 12 anos) e vaca parada.

O evento conta ainda com apresentações artísticas e bailes. “Os bailes são no Salão Paroquial da Comunidade de Passinhos. Na sexta-feira, terá Estação Fandangueira e Grupo Farra e no sábado Julian e Juliano e Grupo Só Vanerão”, declara Alves.

Cavalarianos rumo ao litoral

Em Torres, começa neste sábado, às 7 horas, a 34ª Cavalgada do Mar, que segue até o dia 10, com encerramento no balneário de Dunas Altas, em Palmares do Sul. O evento, que tem como objetivo valorizar o tradicionalismo gaúcho, deve reunir cerca de dois mil cavalarianos e amazonas do Brasil e de outros países, em um percurso de aproximadamente 300 quilômetros.

Segundo o presidente do Instituto Cultural Cavalgada do Mar (ICCM) e comandante dos Cavaleiros do Mar, Luiz Eduardo Amaro Pellizzer, a cavalgada sairá de Torres, em direção ao parque municipal de Arroio do Sal. No domingo (4), a parada é no CTG João Sobrinho, em Capão da Canoa, às 13 horas. Na segunda-feira (5) os cavalarianos se instalam em Imbé, no Parque de Rodeios de Santa Teresinha, onde permanecem até a noite de terça (6). “Lá teremos um evento, com prova de laço e torneio de poesia crioula”, diz.

Na quarta, a cavalgada segue até o Parque Municipal de Tramandaí, quinta a parada é em Cidreira, e sexta em Pinhal, sempre com previsão de chegada às 13 horas “Encerramos no sábado, com churrasco para os participantes”, ressalta Pelizzer.

Segundo ele, o evento é uma homenagem à história do povo gaúcho. “O cavalo sempre foi um instrumento indispensável ao povo gaúcho, para que as fronteiras do Rio Grande do Sul fossem mantidas. A Cavalgada entrou no Guinness Book como o maior evento de homem a cavalo do planeta. Isso é um orgulho para o Rio Grande e é uma façanha, que serve de exemplo a toda gente”, celebra.



Jornal NH
PUBLICIDADE

WEBTV

PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS