Publicidade
Botão de Assistente virtual
Notícias | Região Reconhecimento

Cidades da região são destaque em premiação nacional sobre agricultura familiar na escola

No Estado onze cidades foram selecionadas; Dois Irmãos, Feliz e Taquara ficaram entre as 25 melhores do País

Publicado em: 22.08.2017 às 18:01 Última atualização: 22.08.2017 às 18:07

Prefeitura de Dois Irmãos/Divulgação
Agricultura, em Dois Irmãos
Os municípios de Dois Irmãos, Feliz e Taquara foram selecionados no prêmio “Boas práticas de agricultura familiar para alimentação escolar”, do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), ficando entre os 25 melhores do País. No Estado onze cidades foram selecionadas. Um dos pré-requisitos para o concurso é seguir a determinação do Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae), que estipula 30% do valor repassado pelo FNDE na compra direta de produtos da agricultura familiar.

Além de outros aspectos , como a adimplência com as prestações de contas dos recursos recebidos pelo Pnae. Em Dois Irmãos, segundo a Secretária de Educação, Cultura e Desporto, Adriana Strassburger Trierweiler, 70 a 80% do Pnae é utilizado desta forma. "Isso beneficia os produtores rurais de Dois Irmãos, um fator decisivo para vencer o concurso. Em um ano são investidos cerca de 1 milhão de reais em alimentação escolar”, destaca Adriana. Nas escolas de educação infantil, as crianças recebem de quatro a cinco refeições. Nas escolas de ensino fundamental, os alunos recebem de uma a três refeições. “Há também o fornecimento de refeições no Projeto Global, desde o café da manhã até o lanche da tarde. Cabe destacar, a participação da comunidade e do Conselho de Alimentação Escolar no acompanhamento das ações realizadas pelo município”, explica a nutricionista da Secretaria de Educação de Dois Irmãos, Fabiane Möller Borges.

Prefeitura de Feliz/Divulgação
Instituição de ensino de Feliz
Em Feliz, o projeto Agricultura Familiar na Merenda Escolar é desenvolvido pela Secretaria da Educação em parceria com Secretaria da Agricultura e a Emater/ASCAR. A prefeitura compra frutas e verduras dos produtores do município e serve na merenda. "O dinheiro fica no próprio município, gerando uma cadeia econômica que valorizara os agricultores familiares e os incentiva a investir em qualidade de fabricação e processos, como produtos orgânicos que são recomendados pelo FNDE", diz o prefeito Albano Kunrath. No ano passado mais de 70% do valor do Pnae também foram investidos no Programa em Feliz. “Desta forma, os alunos recebem produtos de qualidade semanalmente produzidos no próprio município", comenta a nutricionista Núbia Hilgert, responsável pela compra e controle de qualidade dos alimentos que os estudantes consomem.

Em Taquara o destaque fica para as capacitações no projeto “Multi Estratégias para Alimentação Escolar de Ponta com a Agricultura Familiar” . São formações e palestras com professores; trabalhos pedagógicos de educação alimentar e nutricional com os alunos; capacitações com as merendeiras, cursos de culinária e de aproveitamento integral de alimentos junto ao Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), reuniões com agricultores familiares, Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Agricultura e Pecuária e a Emater. Conforme a prefeitura, os resultados foram atingidos e isso se deve justamente a interlocução entre o setor de Alimentação Escolar e parceiros, agricultura familiar, merendeiras e professores. A premiação será no dia 3 de outubro, em Brasília, e haverá também o lançamento do caderno que une as boas práticas dos municípios que se destacaram. 

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.