Jornais
FECHAR
  • Jornal VS
  • Diário de Canoas
  • Jornal de Gramado
  • Diário de Cachoeirinha
  • Correio de Gravataí
Grupo Sinos
Publicado em 28/01/2014 - 18h12
Última atualização em 29/01/2014 - 17h01

Aeroporto 20 de Setembro será construído em Portão

Localização definitiva do novo aeroporto foi informada pelo Estado

Amilton Belmonte - amilton.belmonte@gruposinos.com.br

 

Foto: Paulo Zarif/Arte GES
Porto Alegre
– Em área de 2.100 hectares e abrangendo as localidades de Boa Vista,
Sanga Funda e Socorro, todas na cidade de Portão. Esta é a localização definitiva do
futuro aeroporto 20 de Setembro e revelada pela Secretaria Estadual de
Infraestrutura e Logística (Seinfra), ontem, em reunião com representantes de
prefeituras e do Comitê Executivo formado pelo governo, que trata das ações
relativas ao megaempreendimento. “Nos foram esclarecidos alguns passos para que
tornemos a área de interesse público e demarcada em nosso Plano Diretor como
destinada ao novo aeroporto”, revela o prefeito em exercício de Portão, Araí
Cavalli, presente ao encontro. Segundo ele, a definição por Portão, e não mais em
terras divididas com Nova Santa Rita, obedece estudo da Agência Nacional de Aviação
Civil (Anac) e da Aeronáutica. “Nessas coordenadas definidas o espaço áereo do 20 de
Setembro não irá entrar em confronto com o espaço áereo do Salgado Filho e da Base
Aérea de Canoas”, explica.
Sobre a visibilidade e valorização do município, que entrará no mapa internacional
como cidade do novo aeromóvel, Cavalli comemora: “Teremos valorização das áreas,
maior procura de empresas e sem dúvida a história de Portão será contada antes e
depois do 20 de Setembro”, comemora.

Próximos passos
Diretor geral da Seinfra, Alexandre Stolte diz que a área inicialmente proposta em
agosto de 2013, e que compreendia a divisa entre Portão e Nova Santa Rita,
acarretaria, segundo a Aeronáutirca, em restrições na operação do futuro aeroporto.
Desta forma, a equipe do Departamento Aeorportuário do Estado (Dap) optou pelas
alterações para superar as restrições, definindo que a obra será exclusivamente em
Portão. Pelo cronograma sugerido na reunião, na segunda quinzena de fevereiro a
prefeitura de Portão apresentará o levantamento cadastral da área e o decreto de
utilidade pública. Depois, até o final de fevereiro e com o auxílio da equipe do
Dap, a ideia é finalizar a minuta do que será o novo plano diretor do município.

Bom para todos
Para a prefeita de Nova Santa Rita, Margarete Simon Ferreti, a decisão apresentada
pelo Estado está baseada em critérios técnicos e será acatada pelo município. “O
Estado tem sido parceiro da nossa cidade e vemos tudo isso por um lado muito
positivo, pois nossos moradores continuarão com nossas terras, que se valorizarão,
além de termos a chance de atrair bons investimentos”, citando a rede hoteleira e de
logística. Diz que trabalha agora para a ampliação do traçado da BR-448, que passará
por Nova Santa Rita. “O que vai incidir em perspectivas de investimentos futuros
para nós”, pontua. 
 

Publicidade