Jornais
FECHAR
  • Jornal VS
  • Diário de Canoas
  • Jornal de Gramado
  • Diário de Cachoeirinha
  • Correio de Gravataí
Grupo Sinos
Publicado em 04/01/2015 - 18h04
Última atualização em 04/01/2015 - 18h07

Para a área da piscina, pode apostar na borda atérmica

Recurso é tão prático que impede absorção de calor

Foto: Divulgação
O verão chegou e com isso, a área da piscina começa a ser efetivamente utilizada quase que diariamente. No entanto, além dos cuidados básicos, é preciso estar sempre em busca de alternativas para tornar o espaço um dos mais agradáveis da casa. Já ouviu falar sobre borda atérmica? Os responsáveis pelo edifício residencial de Balneário Camboriú precisavam planejar a piscina pensando nas famílias com e sem crianças. Por isso, o projeto contemplou o uso deste recurso, através da marca Senhor das Pedras, em uma piscina menor com baixa profundidade.
 
A borda é produzida com substâncias que impedem a absorção do calor, permitindo andar descalço sobre o material sem queimar os pés, por exemplo. Neste caso, a área externa contemplou um deck de madeira para imprimir rusticidade e as bordas garantiram conforto e segurança. O material é produzido sob medida, justamente para ser adaptado ao formato da piscina. Assim como o seu tamanho, que pode ser alterado.
 
Revestimento, sim!
A escolha do revestimento para a área da piscina é um dos impasses do projeto. Muitas vezes, contempla-se a madeira, pedras naturais ou porcelanato, que são materiais comuns e garantem a beleza visual da área de lazer. Mas, não é preciso deixá-los de fora para usar revestimento atérmico para unir bem-estar, conforto e beleza: o deck de madeira pode ser aliado a uma borda atérmica e dar forma a um belo e seguro espaço!
 
 

Publicidade