Jornais
FECHAR
  • Jornal VS
  • Diário de Canoas
  • Jornal de Gramado
  • Diário de Cachoeirinha
  • Correio de Gravataí
Grupo Sinos
Publicado em 06/07/2015 - 11h53
Última atualização em 06/07/2015 - 15h07

Os ensinamentos de Dalai Lama

O mestre budista tibetano faz aniversário nesta segunda-feira, 6 de julho

(Oi, gente! Desapareci por alguns dias - estava de férias e, durante o período de descanso, fiz um curso incrível de ayurveda, medicina indiana milenar e filosofia de vida. Aprendi conhecimentos incríveis que vou compartilhar com vocês durante os próximos dias. Enquanto transcrevo todas as minhas anotações - enchi um caderninho! - aproveito para celebrar a vida de Dalai Lama, de aniversário nesta segunda-feira, e relembrar alguns ensinamentos belíssimos deste iluminado mestre espiritual =D )
 
Sua Santidade, o Dalai Lama
Nesta segunda-feira, Tenzin Gyatso, o 14º Dalai Lama, completa 80 anos. O Dalai Lama, acredita-se, é a reencarnação de uma linhagem de mestres de darma (base das filosofias, crenças e práticas que tiveram origem na Índia). Por ter adquirido um elevado nível de conhecimento espiritual, pode escolher conscientemente ser reencarnado. O Dalai Lama é considerado a reencarnação do bodisatva da compaixão. O bodisatva é um ser iluminado que, movido por grande compaixão, gerou o desejo espontâneo de atingir o mesmo status de Buda para o benefício de todos os seres. 
 
Tenzin Gyatso nasceu em 6 de julho de 1935 em Taktser, no Tibete. Ele é monge e geshe (doutor) em filosofia budista. Foi agraciado com mais de cem títulos honoris causa, dado por universidades a pessoas que, mesmo que não sejam necessariamente portadoras de um diploma universitário, tenham se destacado em uma determinada área. Além disso, recebeu o Nobel da Paz em 1989.
 
Sua vida é guiada por três grandes pilares: a divulgação de valores humanos básicos e o interesse na felicidade humana; a harmonia religiosa e preservação da cultura budista e tibetana e uma cultura de paz e não-violência. 
 
Abaixo da galeria de fotos, estão alguns ensinamentos preciosos do 14º Dalai Lama, retirados de declarações presentes em seu site oficial, e frases célebres do mestre:
 

Imagens

"A paz nunca é atingida através de declarações, resoluções ou slogans. A paz deve vir de dentro. É a única maneira. Para criar um mundo mais feliz, eventualmente, você precisa olhar para isso: a motivação de cada indivíduo."
 
"Acreditamos na lei da casualidade. Se você tem ações corretas, resultados positivos vêm. Se você tem ações erradas, coisas ruins vêm. Então, por causa da lei da casualidade, se você tem ações erradas, Buda não pode salvá-lo. Buda ensinou: 'Vou lhe mostrar o caminho para o nirvana (libertação de todo o sofrimento), mas se você pode atingi-lo ou não, é uma escolha sua'. [...] Você é seu próprio mestre."
 
"Eu acredito que o propósito da vida é ser feliz."
 
"Só existem dois dias no ano que nada pode ser feito. Um se chama ontem e o outro se chama amanhã, portanto hoje é o dia certo para amar, acreditar, fazer e, principalmente, viver."
 
"Se você não tem uma vida disciplinada, como você pode ensinar isso às outras pessoas? Para mostrar aos outros o caminho certo, você precisa percorrer o caminho certo."
 
 "É irônico que os problemas mais sérios venham das sociedades mais avançadas industrialmente."
 
Sua Santidade, o Dalai Lama"Podemos dividir todos os tipos de felicidade em duas categorias principais: mental e física. Das duas, é a mente que tem a maior influência na maioria de nós. A não ser que estejamos gravemente doentes ou sem necessidades básicas atendidas, nossa condição física tem um papel secundário na vida. Se o corpo está contente, virtualmente o ignoramos. A mente, no entanto, registra cada evento, não importa o quão pequeno ele seja. Por isso, devemos aplicar nossos esforços mais sérios em falar sobre e trazer a paz mental."
 
"A arte de escutar é como uma luz que dissipa a escuridão da ignorância."
 
"Qualquer assunto, incluindo atividades políticas, econômicas e religiosos que os seres humanos fazem neste mundo, deveriam ser inteiramente compreendidas antes de as julgarmos. Por isso, é muito importante conhecer as causas. Seja lá qual for o assunto, devemos poder ver a imagem completa. Isso vai fazer com que possamos compreender a história toda."
 
"Violência não é um sinal de força, a violência é um sinal de desespero e fraqueza."
 
"O que mais me surpreende na humanidade, são os homens. Porque perdem a saúde para juntar dinheiro. Depois perdem dinheiro para recuperar a saúde. E por pensarem ansiosamente no futuro, esquecem do presente de tal forma que acabam por não viver nem o presente nem o futuro. Vivem como se nunca fossem morrer e morrem como se nunca tivessem vivido."
 
"Cérebros brilhantes também podem produzir grandes sofrimentos. É preciso educar os corações."
 
"Desde o momento do nosso nascimento, estamos sob o cuidado e a bondade dos nossos pais. Mais tarde, na vida, quando enfrentamos o sofrimento de doenças ou da idade avançada, novamente dependemos da bondade dos outros. Se no começo e no fim das nossas vidas dependemos da bondade dos outros, por que não devemos agir de forma bondosa no meio?"
 
Sua Santidade, o Dalai Lama
"O maior juiz de seus atos deve ser você mesmo e não a sociedade."
 
"Se vamos ou não vamos atingir a paz mundial, não temos outra escolha a não ser trabalhar para isso. Se nossas mentes estiverem dominadas pela raiva, vamos perder a melhor parte da inteligência humana: sabedoria, a habilidade de decidir entre certo e errado. A raiva é um dos problemas mais sérios que o mundo enfrenta, hoje."
 
"Internacionalmente, nossa rica diversidade de culturas e religiões deveria ajudar a fortalecer os direitos humanos fundamentais em todas as comunidades. Com essa diversidade estão princípios humanos básicos que nos conectam como membros da mesma família humana. A questão dos direitos humanos é tão fundamentalmente importante que não deveria haver nenhuma diferença de visões a respeito disso. Todos temos vontades humanas e preocupações em comum. Todos buscamos a felicidade e tentamos evitar o sofrimento, seja lá qual for nossa raça, religião, sexo ou status social."
 
"Se falharmos em encontrar uma maneira de levantar nosso espírito, há perigo de afundar mais ainda em nossa sensação de incapacidade. Isso pode fazer com que acreditemos que não temos capacidade para fazer nenhum bem. Então, criamos condições para o desespero."
 
Lindo, né? =D
 
Namaste! _/\_