Jornais
FECHAR
  • Jornal VS
  • Diário de Canoas
  • Jornal de Gramado
  • Diário de Cachoeirinha
  • Correio de Gravataí
Grupo Sinos
Publicado em 17/11/2015 - 11:51
Última atualização em 17/11/2015 - 23h38

Vale do Sinos perderá cem policiais militares durante a Operação Golfinho

Operação começa em 19 de dezembro e segue até 28 de fevereiro

Amilton Belmonte - amilton.belmonte@gruposinos.com.br

Foto: Operação Golfinho/Divulgação
Efetivo da Operação Golfinho deste ano contará com 2.800 policiais
O Comando da Brigada Militar no Estado divulgou nesta terça-feira (17) como será o deslocamento de efetivo para a tradicional Operação Golfinho durante o verão. No total, 2.800 policiais militares farão parte da operação que atua nas praias do litoral norte e sul e nas águas internas do Estado, como rios e lagoas. O mesmo número de 2014.
Do Batalhão do Vale do Sinos, cem homens serão deslocados. O mesmo número saíra do Batalhão Metropolitano, em engloba oito cidades. A corporação, entretanto, não divulgou de quais municípios o efetivo sairá.
De acordo com o coronel Alceu Freitas, todos os 16 comandos regionais do Estado contribuirão com homens. Para sanar a redução de policiais, os agentes que cumprem funções administrativas serão deslocados para o policiamento ostensivo, garantiu o coronel.
O governo do Estado também autorizou R$ 2,7 milhões em pagamento de horas-extras à Brigada Militar durante os três meses da ação. A Operação Golfinho começa em 19 de dezembro e segue até 28 de fevereiro. 

Publicidade