Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Jornal NH, 99 - Bairro Ideal - Novo Hamburgo/RS - CEP: 93334-350
Fones: (51) 3065.4000 (51) 3594.0444 - Fax: (51) 3594.0448

PUBLICIDADE
Seis jogos e seis vitórias

Raio X da campanha do líder Noia nesse Gauchão

Confira o retrospectos do Anilado nas seis primeiras rodadas do Estadual e como foram marcados todos os 15 gols do clube na competição

O começo de temporada do Novo Hamburgo é espetacular, fantástico, histórico, inimaginável... Faltam adjetivos para descrever a campanha do clube neste Campeonato Gaúcho. O Noia é o líder da competição com 18 pontos, bateu recorde de vitórias consecutivas de um clube no Estadual – seis triunfos em seis jogos –, têm o melhor ataque do campeonato, com 15 gols, assim como o artilheiro isolado – João Paulo (5 gols) –, e também a defesa menos vazada, ao lado do Brasil-Pel, com apenas quatro gols sofridos.

Mas os 100% de aproveitamento não teriam sido alcançados até aqui sem o trabalho exaustivo dos jogadores e da comissão técnica em busca da perfeição. Um dos principais destaques desta campanha é o poderio ofensivo do Noia, que é avassalador. Além dos contra-ataques fulminantes, outros fatores são determinantes para o saldo de onze gols a favor, como o empenho na marcação e o rendimento excepcional nas bolas paradas. O técnico Beto Campos conseguiu apresentar um esquema tático que se encaixou com o estilo dos atletas. “Os jogadores têm dado uma resposta muito positiva. Aconteceu no Beira-Rio, várias vezes fizemos gols nos contra-ataques. É uma maneira que temos de jogar. Se observar os gols que fizemos, foram de várias maneiras, pelos lados, bola parada, por dentro, contra-ataque. São situações que trabalhamos e acontecem pela qualidade dos atletas. Trabalhamos para organizar a equipe, mas é o atleta que vai lá e faz”, pontua o treinador anilado.

Inézio Machado/GES/
Técnico Beto Campos comanda a equipe que segue com 100% de aproveitamento

Campos destaca que o sucesso do Noia no Gauchão até o momento deve-se também à união dos jogadores e ao conjunto da obra. “O coletivo é muito bom, e por isso as vitórias estão acontecendo. Nós encontramos uma maneira de nos postar em campo. É uma equipe experiente e que tem bom entrosamento”, reforça Beto Campos. Para o próximo desafio, contra o Cruzeiro, às 16h30, no Vieirão, neste sábado, o técnico não deve ter o lateral Léo e o meia Conrado, que saíram lesionados contra o Passo Fundo. Campos aguarda pelo retorno de Preto, que se recupera de lesão.

Os goleadores anilados

gols, jogadores, time

Seis jogos e seis vitórias

Noia x Caxias

Noia e Caxias

A caminhada anilada no Gauchão 2017 iniciou no dia 30 de janeiro. A estreia foi contra o Caxias, no Estádio do Vale. O time venceu por 1 a 0, com gol de pênalti marcado por João Paulo, após penalidade sofrida por Jardel. Ninguém poderia imaginar que aquela seria apenas a primeira de uma série – até aqui pelo menos – de seis vitórias.

Noia x Inter

Noia e Inter

Depois do Caxias, veio o Inter e no Estádio Beira-Rio. O Anilado não se encolheu. Em dois contra-ataques perfeitos, abriu 2 a 0 no final do primeiro tempo, com Preto e Jardel. Na segunda etapa, Nico López ainda descontou para o Colorado, que iniciou o Estadual vacilando e não conseguiu segurar o Noia. Mais três pontos na conta.

Noia x São José

Noia e São José

Pela terceira rodada, o São José veio ao Estádio do Vale disposto a acabar com a sequência do Anilado. O Zequinha fez um jogo muito disputado com o Noia, em noite marcada pela falta de energia elétrica na casa anilada. Jardel, em cobrança de falta, aos 29min do segundo tempo, definiu o placar: 1 a 0 para o Noia.

Noia x Juventude

Noia e Juventude

A primeira goleada do time do técnico Beto Campos veio na quarta rodada, sobre o Juventude, no Vale. João Paulo (duas vezes), Assis e Branquinho marcaram os quatro gols do Noia para a festa da torcida que começava a lotar cada vez mais as arquibancadas. Caprini descontou. Era a quarta vitória seguida.

Noia x São Paulo

Noia e São Paulo

Contra o São Paulo, em Rio Grande, o Anilado largou na frente com gol de Conrado. Leandro Rodrigues empatou ainda no primeiro tempo. Na etapa final, Jardel e Cleylton, contra, após chute de João Paulo, definiram o 3 a 1. Com 15 pontos em cinco jogos, o Noia já assombrava o Estado – e os adversários.

Noia x Passo Fundo

Noia e Passo Fundo

Chegar a seis vitórias seria entrar para a história – nenhum clube havia conquistado esse feito desde que o Gauchão deixou de ser regionalizado, em 1961. E o Noia fez história diante do seu torcedor ao golear o Passo Fundo por 4 a 1 com gols de Júlio Santos (2) e João Paulo (2). Brandão descontou. Resta saber até onde esse time pode chegar, mas o Anilado já deixou sua marca.

Quem marcou e de onde foram feitos os gols

campos, gols, jogadas


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS