Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Jornal NH, 99 - Bairro Ideal - Novo Hamburgo/RS - CEP: 93334-350
Fones: (51) 3065.4000 (51) 3594.0444 - Fax: (51) 3594.0448

PUBLICIDADE
Dia Nacional

Protesto contra PEC da Previdência reúne centenas em Novo Hamburgo

Representantes de várias categorias participaram de ato ao longo desta quarta-feira (15)

  • Protesto é contra a PEC da Previdência proposta pelo governo de Michel Temer
    Foto:Débora Ertel/GES-Especial
  • Manifestantes carregavam cartazes, faixas e convidavam população a se unir ao protesto
    Foto:Débora Ertel/GES-Especial
  • Após concentração na Praça do Imigrante, manifestantes saíram em caminhada pelo Centro de Novo Hamburgo
    Foto:Débora Ertel/GES-Especial
  • Concentração acontece na Praça do Imigrante, no Centro de Novo Hamburgo
    Foto:Débora Ertel/GES-Especial

A quarta-feira (15) é marcada por protestos contra a PEC da Previdência em várias cidades do País. No Rio Grande do Sul, há manifestações em Porto Alegre, Canoas, São Leopoldo, Caxias do Sul, Pelotas, Passo Fundo e São Lourenço. Em Novo Hamburgo, o principal ato ocorre no Centro.

Das 9 horas até as 10h30, representantes de diversas categorias estiveram reunidos na Praça do Imigrante. Após, saíram em caminhada pelas ruas do Centro com cartazes, bandeiras e apitos, convidando a população a se unir ao protesto. O trajeto, acompanhado pela Guarda Municipal, incluiu ruas como Pedro Adams Filho, Joaquim Nabuco e Nações Unidas. O trânsito ficou complicado na área central. 

 

 

Participam da manifestação SindProf-NH, Cpers, Associação dos Professores da Fundação Liberato, Simpro, carteiros, UERJ, bancários e os sapateiros e metalúrgicos de Sapiranga. O grupo teve como primeira parada a frente do Ipasem e depois segue para a frente do INSS.

Devido ao protestos, os estudantes das escolas municipais de Novo Hamburgo estão sem aula. Professores e funcionários dos três turnos da Fundação Liberato também estão parados hoje. A rede estadual entrou em greve por tempo indeterminado. Já os bancários estão representados pela direção do sindicato. A categoria funciona normalmente. 

 

 

Mais cedo, por volta das 7 horas, cerca de cem manifestantes ligados ao Sindicato dos Sapateiros de Sapiranga fizeram um protesto na RS-239. Durante quase uma hora, o grupo fechou os dois sentidos da rodovia, de forma alternada. Por volta das 8 horas, os manifestantes saíram em caminhada por dentro de Sapiranga e devem se unir ao protesto em Novo Hamburgo. 

 

Mauri Schorn/Especial
Manifestantes bloquearam a RS-239, em Sapiranga, no início desta quarta-feira


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS