Publicidade
Cotidiano | Viver com saúde Vias aéreas

Asma está na lista das muitas internações

Especialista em alergia dá dicas de como lidar mehlor com a doença

Última atualização: 19.10.2017 às 17:58

Divulgação
Asma
A asma é uma inflamação crônica das vias aéreas, que provoca estreitamento da passagem do ar nos pulmões, dificultando a respiração. Ela pode aparecer em pessoas de qualquer idade e, também, em qualquer época do ano. Segundo a pediatra especialista em alergia e imunologia, Priscila Moraes a asma é uma das importantes causas de internação, principalmente em crianças e idosos. A asma não tem cura, mas tem controle, permitindo vida normal a seus portadores.

A especialista explica que a asma pode ser alérgica ou não, dependendo do tipo de resposta imunológica. “No caso da asma alérgica, o organismo cria anticorpos contra os agentes agressores, chamados alérgenos, os mais comuns são os ácaros (presentes na poeira caseira), cães, gatos e os fungos.

Já a asma não alérgica também pode ser provocada por estímulos externos, como fumaças e cheiros fortes, mas por fatores irritativos, sem criar anticorpos contra isso”, detalha.

Manifestações

A asma pode ter manifestações diferentes nas crianças e nos adultos, pela diferença anatômica, pela exposição aos agentes externos e pela própria imunidade. Assim, a asma nas crianças tem como principal fator desencadeante as infecções das vias aéreas, que tendem a melhorar com a idade, já que vão ficando mais resistentes a infecções. No caso dos idosos, o pulmão pode estar comprometido com agentes agressores ao longo da vida, como poluição, fumaça de cigarro, fazendo com que a asma passe a ser mais persistente, piorando com estímulos irritativos.

É a bronquite asmática

A asma é também conhecida como bronquite asmática ou como bronquite alérgica. Ela é uma doença que acomete os pulmões e que se acompanha de uma inflamação crônica dos brônquios. Os conhecimentos iniciais sobre a doença eram restritos, mas com os avanços da medicina nas últimas décadas, passou-se a conhecer melhor suas causas, mecanismos envolvidos, surgindo novos medicamentos e tratamentos. No entanto, apesar de todos os progressos, a asma ainda hoje é uma doença problemática e que pode levar à morte.
Ela caracteriza-se por um processo que afeta todo o organismo e não somente as vias aéreas inferiores, que aumentam a produção de secreções e prejudicam a passagem de ar. O asmático tem tosse freqüente prolongada, geralmente durante a noite.

Menos sintomas

Para amenizar os sintomas da asma, como chiado, tosse, falta de ar, aperto no peito e cansaço aos esforços, é fundamental seguir algumas dicas básicas, como manter-se longe do cigarro. Se você fuma e seu filho tem asma, evite fumar perto da criança ou dentro de casa. Se você tem certa idade e sofre com ela, é bom parar de fumar. Além disso, mantenha a casa limpa, para afastar possíveis desencadeantes das crises. Boa ventilação e exposição solar ajudam a renovar o ar e diminuir a chance de ter mofo no ambiente. Prefira passar pano úmido ao invés de varrer a casa. Aspiradores de pó com filtro de água ou filtro HEPA são melhores para reter ácaros”, sugere a médica. Outro ponto importante é manter a vacinação em dia, pois pessoas com asma tendem a apresentar mais complicações.

Aliados

Os medicamentos são divididos de acordo com a necessidade: para aliviar a crise e para prevenir a sua ocorrência. Um importante aliado no combate a asma são os broncodilatadores, popularmente chamados de ‘bombinhas’, que ajudam na melhora desses sintomas após o uso”, comenta Priscila. Ainda segundo a médica, existem os tratamentos de alívio, que são aqueles de resgate no momento da crise, e os tratamentos a longo prazo, para reduzirem a inflamação dos pulmões.



Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.