Publicidade
Notícias | Região Crime macabro

Crianças teriam sido sacrificadas em suposto ritual para atrair prosperidade

Líder de templo satânico e seguidores estão presos

Por Silvio Milani
Última atualização: 03.01.2018 às 21:23

Adriana Lima/GES-Especial
Partes dos corpos foram encontradas em estrada de Lomba Grande nos dias 4 e 18 de setembro

A chave para o mistério das duas crianças encontradas esquartejadas em setembro no bairro Lomba Grande, em Novo Hamburgo, parece estar em um templo satânico da região metropolitana. O líder, que se intitula mestre e bruxo, foi preso com dois seguidores na semana passada. Outros três suspeitos são procurados. Segundo a Polícia Civil, que conduz o caso sob sigilo e até ontem não falava publicamente sobre as prisões, o grupo sacrificou as vítimas em ritual para atrair prosperidade. Elas ainda não foram identificadas. Conforme a perícia, são um menino entre 8 e 10 anos e uma garota de 10 a 12 anos.

Quem acompanhou as buscas no templo, no último dia 27, relata cenas fortes. Uma delas no altar, na frente da imagem de Lúcifer, onde havia um crânio humano dentro de uma bacia com sangue em volta. O líder estava no prédio, que fica no mato, em área de difícil acesso. Os dois suspotos comparsas foram capturados em um sítio na Lomba Grande. Os nomes não estão sendo divulgados porque são prisões temporárias, relativas ao período de investigação.

Cabeças

As pistas contra os satanistas foram descobertas pela 2ª DP de Novo Hamburgo, que vem trabalhando no caso com a Delegacia de Homicídios. Ontem, agentes faziam novas buscas na região na tentativa de encontrar as cabeças das crianças, já que somente troncos e membros foram deixados na beira da Estrada Porto das Tranqueiras. Os crânios localizados em novembro no Parque do Trabalhador, em São Leopoldo, não seriam dos esquartejados.

Suspeito prega pacto com Lúcifer

O líder satanista é conferencista e considerado uma autoridade no assunto. Prega que Lúcifer é a salvação para a humanidade e propõe pacto com o diabo sob a promessa de uma vida melhor. Para ele, Lúcifer faz o bem. Pode, conforme prega, ajudar a resolver problemas financeiros, amorosos e vícios em drogas. Fala em vários tipos de rituais, mas não menciona sacrifício humano.

Ritual macabro

Adeptos do satanismo relatam um ritual que usa cabeça, sangue e parte da coxa de criança sob pretexto de atrair prosperidade. Em alguns casos, seria serviço para público seleto, que paga caro pela criminosa feitiçaria. As cabeças das vítimas sumiram, as partes encontradas estavam secas, como se tivessem ficado sangrando, e há pedaços de perna sem a coxa, só com o osso, onde ficaram restos de pele. Além disso, o ritual é realizado na fase da lua crescente. As primeiras partes dos corpos foram encontradas pouco depois desse período.

Na edição de 4 de outubro, quando a localização dos corpos completou um mês, o Jornal NH noticiou com exclusividade que a principal suspeita era de crime cometido durante ritual religioso.



Quer receber notícias como esta e muitas outras diretamente em seu e-mail? Clique aqui e inscreva-se gratuitamente na nossa newsletter.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.