Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Jornal NH, 99 - Bairro Ideal - Novo Hamburgo/RS - CEP: 93334-350
Fones: (51) 3065.4000 (51) 3594.0444 - Fax: (51) 3594.0448

Acabou o sofrimento

Noia empata, mas resultado paralelo evita o rebaixamento anilado

Vitória de 1 a 0 do Caxias sobre o Cruzeiro evitou a queda do time do técnico Beto Campos
11/03/2018 19:41 12/03/2018 15:27

  • Noia jogou sua permanência na elite do Gauchão neste domingo contra o Avenida
    Foto: Juarez Machado/GES
  • Noia jogou sua permanência na elite do Gauchão neste domingo contra o Avenida
    Foto: Juarez Machado/GES
  • Noia jogou sua permanência na elite do Gauchão neste domingo contra o Avenida
    Foto: Juarez Machado/GES
  • Noia jogou sua permanência na elite do Gauchão neste domingo contra o Avenida
    Foto: Juarez Machado/GES
  • Noia jogou sua permanência na elite do Gauchão neste domingo contra o Avenida
    Foto: Juarez Machado/GES
  • Noia jogou sua permanência na elite do Gauchão neste domingo contra o Avenida
    Foto: Juarez Machado/GES
  • Noia jogou sua permanência na elite do Gauchão neste domingo contra o Avenida
    Foto: Juarez Machado/GES
  • Noia jogou sua permanência na elite do Gauchão neste domingo contra o Avenida
    Foto: Juarez Machado/GES
  • Noia jogou sua permanência na elite do Gauchão neste domingo contra o Avenida
    Foto: Juarez Machado/GES
  • Noia jogou sua permanência na elite do Gauchão neste domingo contra o Avenida
    Foto: Juarez Machado/GES
  • Noia jogou sua permanência na elite do Gauchão neste domingo contra o Avenida
    Foto: Juarez Machado/GES

Vai te embora Gauchão 2018. Desapareça de uma vez por todas! E que drama terrível na última aparição do Novo Hamburgo neste Estadual. Em Santa Cruz, no Estádio dos Eucaliptos, contra o Avenida, ficou no empate em 1 a 1, mas se garantiu na elite do futebol gaúcho com a ajuda do Caxias, que venceu o Cruzeiro por 1 a 0, em Gravataí. Mais sorte do que juízo. Uma reviravolta inacreditável para o Noia, que no ano que vem seguirá entre as melhores equipes do Rio Grande do Sul. E que este feito quase impossível sirva de lição para a sequência deste ano, abrindo os olhos dos envolvidos no futebol anilado, para que os erros cometidos neste caminho argiloso fiquem no passado. Agora, é necessária uma mudança de postura e repensar o planejamento para a continuidade, onde terá uma difícil Série D de Campeonato Brasileiro pela frente.

O time comandado pelo técnico Beto Campos, foi mais do mesmo na tarde quente em Santa Cruz. No primeiro tempo foi aquela troca de passes que não se transformava em nada. A já conhecida falta de indignação da equipe esteve presente em campo. Apesar de melhor, o Noia não reproduzia isso em chances de perigo para o Avenida. As melhores oportunidades foram criadas por Branquinho, Ricardo Lobo e Juninho, que foram os que mais apareceram na etapa inicial. Michel Alves também salvou em pelo menos duas chances do Periquito.

Gol, susto e alívio

Na etapa final, o time seguiu o embalo, com posse de bola e poucas chances criadas. Beto Campos colocou mais poder ofensivo em campo, com as entradas de Zotti e Jean Silva. E foi dos pés do iluminado Zotti, que o Noia abriu o marcador. Aos 30min, ele bateu firme no canto direito do goleiro, sem chances. O gol deu novo ânimo à equipe, que já sabia que no jogo paralelo entre Cruzeiro e Caxias, o time da Serra vencia por 1 a 0. Mas para dar um susto em todo mundo, três minutos depois Alexandre empatou para o Avenida em cobrança de falta. Ao mesmo tempo que sofreu o empate, o time Anilado soube da possibilidade do Cruzeiro empatar, o que recolocaria a equipe do Vale do Sinos na zona de rebaixamento. Mas no jogo de lá, que teve influencia direta para o Noia, o goleiro do Caxias defendeu uma cobrança de pênalti. Daí em diante, o Novo Hamburgo se segurou e gritou aliviado para comemorar sua permanência na elite do Gauchão.


FICHA TÉCNICA

Avenida: Fabiano Heves; Itaqui, Luís Henrique, Claudinho e André (Roger); Toto, Welder (Moisés), Fidélis e Alexandre; Cléverson e Hyantony. Técnico – Fabiano Daitx.

Novo Hamburgo: Michel Alves; Lito, Roberto Dias, Thiago Steffen e Assis; Tiago Ott, Preto (Jean Silva), Xaro (Zotti) e Juninho; Branquinho (Flávio Torres) e Ricardo Lobo. Técnico – Beto Campos.



Jornal NH
PUBLICIDADE

WEBTV

Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS