Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Jornal NH, 99 - Bairro Ideal - Novo Hamburgo/RS - CEP: 93334-350
Fones: (51) 3065.4000 (51) 3594.0444 - Fax: (51) 3594.0448

PUBLICIDADE
Francine Malessa

Mulheres, inspirem-se umas nas outras

Leia opinião de Francine Malessa
08/03/2018 09:00

Francine Malessa Francine Malessa é jornalista e mestranda em Ciências da Comunicação

franmalessa@gmail.com

Acredito que uma das contribuições mais interessantes deste momento pelo qual passa o movimento feminista seja a sororidade. A proposta vem do latim soror, que significa irmãs, e está baseada na empatia entre as mulheres para, juntas, alcançarem seus objetivos.

Quem nunca teve alguma atitude reativa contra outra mulher por ver nela a imagem de uma inimiga? Esta ideia de nos transformar em competidoras é um dos produtos de um sistema machista patriarcal que sabe que a nossa união é o que nos fortalecerá.
Nas últimas semanas, tive a oportunidade de experenciar a sororidade na prática. Percebi a aproximação de outras mulheres a partir de uma amizade, de gostos e dificuldades em comum.

Após sentar uma tarde para conversar com uma delas enquanto compartilhávamos os desagrados e desamores da vida, saí daquele encontro me sentindo leve e fortalecida. “Encontrei uma irmã”, pensei. Trocamos mensagens dizendo como nos sentíamos bem e prometemos repetir em breve.

Na semana seguinte, recebi uma mensagem de uma amiga virtual dizendo que não me conhecia, mas que o que eu postava em minha rede social, a respeito da valorização e autoestima feminina, a inspirava muito. Aquela mensagem mudou completamente o meu dia e me fez refletir sobre o que nós mulheres estamos fazendo umas com as outras.

Costumamos dizer que a revolução será feminista e pelo que tenho observado, ela já está acontecendo. Mudar um sistema que nos coloca em papéis de rivais é uma transgressão muito representativa. Incentivo, portanto, que procurem inspirar e se inspirar nas mulheres que fazem parte do convívio de vocês e, ao final do dia, se perguntem como se sentem a respeito disso. Não é questão de ego, nem de quem inspira mais. É por nós, pela nossa força e bem-estar.


Jornal NH
PUBLICIDADE

WEBTV

PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS